Publicidade

Huawei Mate 60 Pro Plus é novo líder em câmeras no DXOMARK

Por| Editado por Wallace Moté | 17 de Novembro de 2023 às 17h21

Link copiado!

(Imagem: Reprodução/Huawei)
(Imagem: Reprodução/Huawei)
Mate 60 Pro Plus

A linha Huawei Mate 60 Pro chamou a atenção desde seu lançamento por causa do processador Kirin 9000s, mas outro aspecto que ganhou destaque recentemente da versão Pro Plus foi seu conjunto de câmeras. Afinal, o dispositivo acaba de assumir a liderança no ranking de câmeras do portal especializado DXOMARK, ao ocupar o lugar até então ocupado pelo P60 Pro, também da Huawei.

Para isso, o smartphone foi capaz de atingir 157 pontos na metodologia do DXOMARK, superando o P60 Pro por apenas um ponto. Os testes do site incluem fotos e vídeos com todas as câmeras, com a análise de aspectos como a qualidade de cor das imagens, nível de ruído e mais.

Continua após a publicidade

Em relação à geração passada, o Mate 60 Pro Plus perdeu a parceria com a Leica para o conjunto óptico, já que a empresa alemã decidiu mover sua colaboração para a Xiaomi. Mesmo assim, o smartphone parece ter um conjunto bastante sólido, com câmera principal de 48 MP, ultrawide de 40 MP e telefoto de 48 MP.

Fotos com o Huawei Mate 60 Pro Plus apresentaram bons resultados em todos os casos

Os analistas do DXOMARK apontaram que o hardware de processamento de imagem fez com que o Mate 60 Pro Plus continuasse a “testar os limites das câmeras de alto desempenho em smartphones”. Por isso, o celular foi capaz de entregar bons resultados em basicamente todos os cenários possíveis.

Na captura de fotos, os pontos positivos destacados pelo site incluem:

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia
  • Excelente equilíbrio entre a retenção de detalhes e a redução de ruídos;
  • Precisão no nível de exposição, alto alcance dinâmico e agradável renderização de cores;
  • Boa performance em condições precárias de iluminação, com exposição correta e alto nível de detalhes.

Outro aspecto destacado pelo DXOMARK é o suporte para abertura variável, que otimiza os ajustes de profundidade de campo para cada situação. Além disso, é possível ter fotos de elementos em movimento sem borrões, com uma resposta rápida do obturador.

Os resultados com as câmeras auxiliares também foram positivos, com distâncias focais equivalentes entre 13 mm (ultrawide) e 150 mm (telefoto). Além desse valor, as texturas começaram a ficar um pouco menos detalhadas.

Continua após a publicidade

Mesmo assim, o foco automático e o alto alcance dinâmico fizeram com que o Huawei Mate 60 Pro Plus tenha a “melhor ultrawide já testada pelo site”. As imagens com a telefoto em aproximação média também foram elogiadas, inclusive em ambientes escuros.

Por outro lado, o DXOMARK apontou outros aspectos que o aparelho pode evoluir em fotos, como o aparecimento de efeitos artificiais indesejados, especialmente durante cenários de alto contraste.

Vídeos são agradáveis, mas com poréns

Em relação à gravação de vídeos, a estabilização foi apontada como uma das melhores já vistas em smartphones. Mesmo assim, a qualidade geral dos conteúdos ainda ficou um pouco abaixo de rivais como o iPhone 15 Pro Max e o Google Pixel 8 Pro.

Continua após a publicidade

Afinal, foi identificado que o aparelho trouxe texturas um pouco menos detalhes, enquanto os níveis de ruído ficaram acima do que seria ideal. Efeitos artificiais de cor também foram vistos em algumas situações.

Outro problema citado está no fato de que o aparelho da Huawei utiliza uma solução de HDR própria da marca, que não é compatível com outros dispositivos — incluindo até mesmo alguns laptops da própria Huawei.

As amostras de fotos capturadas pelo DXOMARK podem ser vistas por meio do próprio portal especializado, e alguns exemplos de vídeos estão listados abaixo:

Continua após a publicidade