Huawei anuncia chip intermediário HiSilicon Kirin 820 5G

Por Rubens Eishima | 30 de Março de 2020 às 13h09
Huawei
Tudo sobre

Huawei

Saiba tudo sobre Huawei

Ver mais

A divisão de processadores da Huawei, a HiSilicon, lançou o novo processador Kirin 820 5G com um salto considerável em relação ao seu antecessor, o Kirin 810. Entre as novidades estão mais núcleos de alto desempenho e, como o nome indica, a inclusão de um modem 5G.

Fabricado em litografia de 7 nm assim como o 810, o Kirin 820 5G se diferencia do antecessor por ter 4 núcleos ARM Cortex-A76 (contra dois no Kirin 810). Já a frequência de processamento ganhou um upgrade mais discreto, com apenas um dos núcleos trabalhando a até 2,36 GHz (contra 2,2 GHz dos outros núcleos). Além disso, o Kirin 820 conta também com 4 núcleos de alta-eficiência ARM Cortex-A55 rodando a 1,84 GHz.

Diferentemente de boatos que circularam nas últimas semanas, o Kirin 820 5G não conta com o processador gráfico ARM Mali-G77, e em seu lugar é usado o Mali-G57MP6, com seis núcleos da linha intermediária de GPUs da ARM. Completam as especificações de processamento os processadores neurais e de imagem desenvolvidos pela própria Huawei.

Na parte da conectividade, a Huawei divulgou que o modem 5G usado no Kirin 820 é o mesmo do processador topo de linha Kirin 990 (usado, por exemplo, no Huawei P40). O modem é compatível com os modos SA e NSA da especificação 5G.

O Kirin 820 5G chega às lojas no Honor 30S, que será vendido na China a partir do dia 7 de abril com preços entre R$ 1.800 e R$ 2.000 em conversão direta.

Fonte: XDA Developers

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.