HMD Global prepara mais um celular Nokia básico e barato com 4G

HMD Global prepara mais um celular Nokia básico e barato com 4G

Por Felipe Junqueira | Editado por Wallace Moté | 11 de Maio de 2021 às 14h40
Paweł Czerwiński/Unsplash

A HMD Global está quase pronta para lançar um novo feature phones sob a marca Nokia no mercado indiano. O modelo TA-1373 passou por certificação no Bureau of Indian Standards (BIS), órgão semelhante à Anatel, com suporte à rede 4G.

Isto significa que o aparelho, já certificado também na China há cerca de duas semanas, deve ser lançado em breve. Segundo a documentação indiana, o celular será fabricado pela Rising Stars Mobile, uma subsidiária local da Foxconn. Ainda não há informações sobre o possível nome comercial do aparelho, que tem visual semelhante ao Nokia X1-01, lançado em junho de 2011.

"Celular básico Nokia TA-1373 será lançado em breve na Índia, recebeu a certificação BIS", escreveu Mukul Sharma, em seu perfil no Twitter. A publicação ainda traz algumas fotos do dispositivo.

O TA-1373 possui tela de 1,77 polegada, bateria de 1.020 mAh e câmera VGA, além de armazenamento interno de 128 MB, capaz de armazenar até 2.000 contatos. Será possível expandir o espaço com cartão microSD de até 32 GB. O dispositivo terã suporte às redes GSM (850, 900, 1800), WCDMA (1, 5, 8) e LTE (1, 3, 5, 8, 38, 39, 40, 41), e deve ser oferecido nas cores preto, azul e amarelo.

Ao que parece, a HMD Global pretende oferecer modelos ainda mais em conta do que o Nokia 225 4G e 215 4G, modelos mais baratos com suporte à rede LTE disponíveis atualmente. Os preços dos modelos ficam entre R$ 210 e R$ 250, aproximadamente.

Além do TA-1373, a HMD Global também deve lançar o TA-1366 na Índia, que foi certificado pelo BIS no início de abril (mais precisamente, no dia 1º). Ainda não há muita informação sobre o dispositivo, mas parece que é um smartphone, possivelmente da nova linha G.

Não custa lembrar que a HMD renovou seu catálogo de smartphones renomeando todas as linhas. A empresa abandonou a numeração e passou a usar letra e números, como já fazem praticamente todas as outras fabricantes de celulares.

Fonte: Mukul Sharma (via NokiaMob)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.