Galaxy Z Fold 3 e Z Flip 3 são certificados na FCC e já têm produção em massa

Galaxy Z Fold 3 e Z Flip 3 são certificados na FCC e já têm produção em massa

Por Bruno Bertonzin | Editado por Wallace Moté | 24 de Junho de 2021 às 11h20
Reprodução/LetsGoDigital

Os próximos celulares dobráveis da Samsung — ou seja, Galaxy Z Fold 3 e Galaxy Z Flip 3 — estão a caminho de ser lançados. De acordo com os rumores que já vimos até agora, os dois smartphones devem ser apresentados pela sul-coreana em agosto desse ano, durante o evento Unpacked 2021 da marca.

Até lá, porém, várias informações já terão sido vazadas sobre os celulares, assim como aconteceu até hoje.

Agora, com base em novos detalhes que surgiram na web, é possível conhecer um pouco mais sobre os dois foldables da Samsung. Tanto o Galaxy Z Fold 3 quanto o Galaxy Z Flip 3 já foram flagrados em certificações da FCC — que revelam detalhes importantes sobre os dispositivos — e também já estão, supostamente, em fase de produção em massa.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

De acordo com as informações fornecidas pela página FrontPageTech, a fabricante sul-coreana já começou a produzir os dobráveis em massa e deve alcançar de 50 mil a 70 mil unidades fabricadas por dia.

Vamos conhecer, portanto, algumas características que já foram reveladas pela listagem na FCC e outras especificações que foram vistas em rumores que circularam até agora:

Galaxy Z Fold 3

A certificação do Galaxy Z Fold 3 revela que o celular será lançado com o número de modelo SM-F926U. Apesar de não revelar as especificações detalhadas do dispositivo, a listagem destaca alguns pontos importantes em conectividade e recursos.

Um deles é o suporte oficial para a S Pen. A caneta da Samsung era compatível apenas com os smartphones da linha Galaxy Note, mas fez sua estreia fora da série no Galaxy S21 Ultra, lançado no começo do ano, e agora também deve estrear no próximo Galaxy Fold. De acordo com detalhes vistos até agora, a funcionalidade do acessório deve ser uma combinação do que é visto na linha Note e no hing-end da série Galaxy S21.

A certificação na FCC também revela que o Galaxy Z Fold 3 será compatível com banda ultra-larga (UWB) — que permite uma conexão sem fio para determinar a localização do dispositivo ou outros acessórios compatíveis para uma transferência de dados mais rápida e com menos consumo de energia. Além disso, a listagem também revela o suporte para várias bandas NR 5G, como n2, n5, n12, n25, n30, n41, n66, n71, n77, n78, n260 e n261.

Detalhes sobre a bateria e o carregamento do Galaxy Z Fold 3 também foram vistos. Além do celular em si, duas baterias foram registradas para o dobrável, uma com capacidade de 2.060 mAh e a outra com 2.215 mAh — o que indica que o celular terá, no total, 4.275 mAh com a combinação das duas células. Já para o carregamento, o smartphone terá suporte para carga rápida de 25W, com carregador que deve ser incluso no kit.

Com base em outros vazamentos, é possível esperar que o celular tenha um conjunto de três câmeras traseiras, com uma configuração de 12MP + 12MP + 16MP. Já para a lente frontal, é possível que a marca adote pela primeira vez em seus produtos uma câmera sob o display. Caso isso aconteça, de fato, o celular contará com uma lente principal de 16 MP abaixo da tela e mais uma de 12 MP na cobertura frontal do dispositivo.

Galaxy Z Flip 3

O Galaxy Z Flip 3 foi visto na listagem da FCC com seu número de modelo SM-F711U. Apesar de, mais uma vez, a listagem não revelar as especificações completas do eletrônico, ela fornece algumas características interessantes do modelo, assim como com o Galaxy Z Fold 3.

Segundo o documento, o Galaxy Z Flip 3 terá suporte para as bandas 5G n71, n12, n5, n66, n2, n25, n30, n41, n77, n78, n260 e n261. Além disso, ele conta com conectividade 5G e compatibilidade para várias frequências 4G.

Quanto ao carregamento, na FCC é visto que ele suportará carga rápida sem fio de 9W, enquanto um vazamento anterior sugere que, no fio, ele chegará a 15W — um pouco menos do que o Galaxy Z Fold 3.

Por fim, graças a rumores prévios, sabemos que o Galaxy Z Flip 3 poderá ter uma bateria de 3.273 mAh, também deve chegar com uma câmera frontal abaixo da tela e possivelmente será equipado com a plataforma móvel do Snapdragon 888.

Nada de OneUI 3.5 por aqui

Fora os documentos vistos da FCC, o popular leaker IceUniverse forneceu algumas informações importantes sobre o sistema operacional do Galaxy Z Fold 3.

Até agora, era esperado que o dobrável chegasse às lojas com a interface da Samsung atualizada para a OneUI 3.5. No entanto, de acordo com o tipster, essa versão do sistema operacional não existe e, na verdade, o Galaxy Z Fold 3 chegará com a OneUI 3.1.1 instalada de fábrica.

Como efeito de comparação, atualmente os flagships e outros celulares da marca contam com a OneUI 3.1. No entanto, não sabemos quais serão as diferenças entre a versão já em uso pela marca e a nova, que será disponibilizada com o dispositivo foldable.

Além de revelar qual a versão da interface utilizada no aparelho, IceUniverse também destacou que a Samsung irá começar os testes da One UI 4.0 a partir do próximo mês com os topos de linha da série Galaxy S.

Preços

Agora, talvez o mais importante: por quanto os celulares dobráveis da Samsung chegarão às lojas? Por enquanto, não há muita informação, mas alguns rumores apontam que o Galaxy Z Fold 3 chegará 20% mais barato do que seu antecessor direto, o Z Fold 2.

Com isso, é esperado que o dispositivo chegue às lojas coreanas por ₩ 1,9 milhão — cerca de R$ 8.273 em conversão direta na cotação atual. Apesar de não ter detalhes revelados para o Galaxy Z Flip 3, também é esperado que haja o mesmo corte no preço do modelo em relação ao seu antecessor.

Um ponto importante a ser considerado aqui, porém, é que a Samsung não planeja reduzir as especificações do modelo e a versão base do Galaxy Z Flip 3 contará com os mesmos 256 GB vistos em seu antecessor, o que é uma boa notícia, se considerarmos que, geralmente, os cortes nos preços são acompanhados de más notícias em relação às especificações.

Fonte: MySmartPrice, 91Mobiles, PhoneArena, Phandroid, SamMobile

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.