Galaxy S10 | Testes mostram desempenho inferior de modelo que chega ao Brasil

Por Felipe Ribeiro | 06 de Março de 2019 às 14h14
Joyce Macedo / Canaltech
Tudo sobre

Samsung

Saiba tudo sobre Samsung

Ver mais

Testes feitos pelo site AnandTech confirmam que o novo smartphone topo de linha da Samsung, o Galaxy S10, terá desempenho inferior no Brasil - e outras regiões. O processador utilizado será menos potente do que o que será comercializado nas versões dos Estados Unidos, o Snapdragon 855, da Qualcomm. Os aparelhos virão com o Exynos 9820, última geração dos chips proprietários da Samsung. A informação, aliás, já havia sido confirmada pela fabricante coreana no anúncio da linha.

Testes de benchmark com os programas PCMark e Speedometer 2.0 foram feitos com os dois modelos diferentes do Galaxy S10+, o mais caro da linha, mas que tem a mesma potência do modelo padrão. Em todos eles, o celular equipado com o Snapdragon 855 se saiu melhor do que o que estava com o Exynos 9820.

A maior diferença ficou no teste de edição de fotos no PCMark (foto abaixo). Nele, o Galaxy S10+ anotou 17.496 pontos com o Snapdragon 855, contra 11.412 com o Exynos 9820. Nos demais testes deste programa, o celular com Snapdragon esteve sempre na casa de mil pontos à frente daquele com Exynos. No Speedometer 2.0, porém, a diferença foi bem menor, mas ainda assim o Snapdragon ficou na frente.

O Exynos 9820 é uma versão atualizada do processador proprietário da Samsung, bem melhor do que o antigo 9810 mas, ainda assim, inferior ao Snapdragon 855. A diferença de desempenho, no entanto, é irrelevante para quem não usa o celular para tarefas mais pesadas, como jogos ou edição de vídeos.

A linha Galaxy S10 chegará ao Brasil no dia 12 de março e os consumidores interessados em comprar já podem se registrar no site da Samsung. Em relação aos preços no mercado internacional, o Galaxy S10 padrão começa custando US$ 899,90, enquanto o S10+ tem preços a partir de US$ 999,90 e o Galaxy S10e chega custando a partir de US$ 799,90.

Os preços no Brasil ainda não foram revelados.

Fonte: AnandTech

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.