Lançado em 2015, celular sustentável Fairphone recebe o Android 9

Por Rubens Eishima | 17 de Junho de 2020 às 17h57
Fairphone

Anunciado como um modelo ético e modular, o Fairphone é conhecido por ser projetado para reduzir a geração de lixo eletrônico e usar materiais extraídos e processados de maneira justa, além de permitir conserto e substituição de peças. A segunda geração do aparelho pode incluir mais uma vantagem na lista: suporte estendido.

O Faiphone 2 foi lançado em 2015 e começou a receber uma atualização Beta para o Android 9 Pie. O celular foi distribuído originalmente com a versão 5.1 do sistema, mas já não é vendido desde 2018.

Empresa ainda vende peças de reposição do celular de 2015, que tem nota 10 em reparabilidade pelo site iFixit (imagem: Fairphone)

Apesar do lançamento do Fairphone 3 no segundo semestre de 2019, a Fairphone ainda vende algumas peças de reposição para a segunda geração, incluindo tela e bateria. Uma curiosidade do Fairphone 2 é que ele foi lançado com uma câmera principal de oito megapixels, que pode ser substituída por um sensor de 12 MP, disponível na loja online da marca.

Enquanto o Fairphone 3 adotou uma CPU intermediária, o Fairphone 2 foi lançado com um processador topo de linha, o Qualcomm Snapdragon 801. Para comparação, alguns aparelhos com o mesmo chip que já não recebem atualizações há anos são Galaxy S5, LG G3, Moto X 2014 e Mi 4.

Até mesmo a primeira geração do Google Pixel, lançada praticamente um ano depois com o processador Snapdragon 821 e o Android 7.1 (Nougat), já deixou de receber atualizações de sistema.

Ainda que não seja a versão mais recente do Android, vale a pena destacar iniciativas que prolongam a vida útil de eletrônicos. E para os proprietários do aparelho interessados na versão 10 do sistema, é possível instalar o LineageOS, que oferece suporte ao Fairphone 2.

Fonte: Fairphone

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.