Estudo indica que lealdade dos usuários de iPhone caiu 15%

Por Rafael Arbulu | 18 de Julho de 2019 às 11h33

Tanto quanto as vendas em si, a lealdade de um cliente é outro objetivo almejado por fabricantes de bens de consumo. E nesse ponto a Apple parece estar perdendo espaço: segundo um levantamento realizado pela BankMyCell, que atua exclusivamente na troca remunerada de smartphones, cerca de 15% dos usuários dos celulares da Maçã de Cupertino estão mudando para aparelhos de empresas concorrentes, como a Samsung.

A troca remunerada é velha conhecida do mercado: por meio dela, você entrega seu smartphone antigo, trocando-o por um novo e pagando a diferença em dinheiro. No caso do levantamento da BankMyCell, dados de cerca de 38 mil pessoas foram coletados desde outubro de 2018 e indicaram que a maior parte dos usuários estava trocando, por exemplo, o iPhone X por um smartphone de outra marca.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Popularidade do iPhone, da Apple, está em queda, de acordo com diversos levantamentos nos EUA

Falando na Samsung, a fabricante sul-coreana é quem deteve o maior percentual de lealdade do consumidor: 92% dos usuários trocavam um smartphone da empresa por um modelo melhor da marca ou permaneceram dentro da esfera do Android. Apenas 7,7% dos usuários do Galaxy S9 trocaram de aparelho para um iPhone.

Complementando seus dados com informações de outras lojas, a BankMyCell afirmou que a popularidade do iPhone está em seu ponto mais baixo, sendo preferência de apenas 73% dos usuários. Seu ponto mais alto foi em 2017, quando atingiu o patamar de 92%.

As afirmações da loja encontram suporte em levantamento recente da Kantar, divulgado na última quarta-feira (17): segundo o instituto de pesquisa, 36% dos smartphones vendidos no último trimestre nos Estados Unidos eram iPhones, uma queda de 2,4% em relação ao mesmo período no ano anterior. Já o Android apresentou alta de 2,5%, fechando em 61% das vendas.

Fonte: CNET, BankMyCell

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.