Documento revela que a Apple lançou o iPhone 6 sabendo que ele entortava

Por Ramon de Souza | 25 de Maio de 2018 às 09h19
Tudo sobre

Apple

Em 2014, a Apple lançou o iPhone 6 e impressionou seu público ao apresentar um design bem diferente do que todos estavam acostumados até então. Porém, não demorou muito até que os problemas começassem a surgir — muitos consumidores perceberam que o gadget simplesmente entortava sozinho ao ser colocado no bolso, o que também causava problemas com a tela sensível ao toque. A polêmica, que ficou conhecida como #Bendgate, continua sendo uma mancha negra na história da Maçã até hoje.

E, provando que mentira tem perna curta, o Motherboard descobriu que a companhia já sabia desse possível problema antes de lançar o smartphone no mercado — e decidiu colocá-lo nas gôndolas fingindo não saber de nada. O jornal online obteve acesso a uma série de documentos internos da empresa, que lhe foram dados em mãos por um juiz distrital identificado como Lucy Koh. Os papéis confirmam que a fabricante, de fato, fez testes e constatou precocemente a fragilidade do produto.

Um trecho divulgado mostra que, de acordo com a própria Apple, o iPhone 6 tem 3,3 vezes mais chances de entortar em comparação com seu antecessor, o iPhone 5s. A edição 6 Plus é ainda mais frágil, tendo 7,2 vezes mais chances de ser dobrado do que o modelo mais antigo. Vale lembrar que, ao público, a Maçã sempre negou qualquer problema estrutural nos celulares — chegando ao ponto de afirmar que os problemas relatados na touchscreen eram decorrentes de quedas.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Até o momento, a Apple segue inabalável em sua postura a respeito do assunto.

Fonte: Motherboard

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.