Conheça o Thuraya X5 Touch, o primeiro smartphone via satélite do mundo

Conheça o Thuraya X5 Touch, o primeiro smartphone via satélite do mundo

Por Rafael Rodrigues da Silva | 06 de Setembro de 2019 às 09h19

Telefones via satélite são a única solução de comunicação para pessoas que vivem em áreas isoladas ou que praticam esportes de aventura em regiões ermas, como trilhas ou montanhismo. Em locais onde não existem torres de transmissão de celular, apenas esses aparelhos podem garantir que você consiga se comunicar com seus familiares ou o serviço de resgate caso aconteça algo inesperado. Justamente por isso, normalmente esses aparelhos são bem básicos e não costumam servir para mais nada além de fazer ligações — e é para suprir essa carência que surgiu o Thuraya X5 Touch.

Desenvolvido pela companhia dos Emirados Árabes que oferece serviços de comunicação via satélite com cobertura mundial, o X5 Touch é o primeiro smartphone Android via satélite do mundo.

O aparelho conta com tela Gorilla Glass de 5,2 polegadas Full HD, processador Snapdragon 625 de oito núcleos, 2 GB de memória RAM, 16 GB de armazenamento, câmera traseira de 8 MP e dianteira de 2 MP, uma bateria de 3800 mAh que, no modo standby, consegue funcionar por cerca de 4 dias sem precisar recarregar, e Android Nougat 7.1.2.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Thuraya X-5 Touch, o primeiro smartphone via satélite do mundo (Imagem: Thuraya)

Mas, como todo telefone via satélite, o importante é a qualidade de conexão, e o X5 Touch consegue acessar praticamente todos os tipos existentes. Além da comunicação direta com satélites, ele também possui entrada para dois chips SIM e consegue se conectar a redes GSM, LTE, Wi-Fi e Bluetooth. O aparelho apenas não consegue se conectar diretamente às redes de satélite da América do Norte e da América do Sul, mas caso necessite utilizá-lo nessas regiões é possível instalar acessórios que o permitem se conectar às redes Iridium ou Inmarsat normalmente. Mas, claro, apenas se precisar usá-lo onde não existe torres de celulares; caso contrário, ele se conecta normalmente à rede GSM desses continentes.

O aparelho não é barato e custa por volta de US$ 1.250. Isso, claro, sem contar o preço da tarifa de uso da telefonia por satélite, que é muito mais cara do que qualquer plano de celular. Mas se você é o tipo de pessoa que adora se aventurar por regiões isoladas, um telefone via satélite que te permite também jogar um Candy Crush antes de dormir pode valer o investimento.

Fonte: ZDNet

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.