Conheça o Fairphone 3, smartphone que promete ser ético e sustentável

Por Nathan Vieira | 29 de Agosto de 2019 às 09h33
Reprodução/YouTube

Nesta terça-feira (27), foi anunciado o lançamento da terceira geração do celular sustentável Fairphone. Embora o Fairphone 3 chegue ao mercado oficialmente apenas em meados de setembro, a pré-venda já está disponível. O aparelho está custando € 450 (o que equivale a cerca de R$ 2 mil) e, a princípio, está sendo enviado para apenas algumas regiões da Europa.

O Fairphone 3 roda Android 9 Pie e conta com processador de 64 bits e 2,2 GHz, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento. Além disso, o produto também tem display com resolução de 2160 x 1080 Full HD+, câmera traseira de 12 MP, câmera frontal de 8 MP e suporte Dual SIM com 4G e cartão microSD. No entanto, o verdadeiro diferencial é um menor impacto no meio-ambiente, já que a empresa se preocupa com sustentabilidade, relações éticas na extração de matéria-prima, manutenção e reciclagem. O trailer do smartphone, cujo lema é "para todos que se importam sobre como os seus produtos são feitos", foi disponibilizado nesta semana no YouTube:

A Fairphone está situada em Amsterdã, na Holanda, e conta com mais de 70 funcionários em todo o mundo. Ela defende que trabalha apenas com fornecedores cujos funcionários são tratados de forma justa. Além disso, a empresa ainda luta para reduzir o lixo eletrônico, já que seus produtos são feitos de materiais reciclados — a Fairphone inclusive incentiva que você entregue o seu aparelho antigo para que ele tenha a maior parte das peças reaproveitadas.

O primeiro Fairphone foi lançado em 2013 e vendeu cerca de 60 mil unidades. Enquanto isso, o FairPhone 2 foi lançado em 2015 e vendeu mais de 40 mil unidades. Levando isso em consideração, já que a empresa vendeu 100 mil dispositivos, é possível afirmar que houve um certo sucesso.

Os dispositivos são projetados para serem sustentáveis ​​e desenvolvidos em fábricas livres de exploração (Foto: Reprodução/YouTube)

Apesar disso, ainda há um extenso caminho pela frente para que a ideia do celular sustentável seja colocada em prática, uma vez que grandes empresas como a Samsung distribuem cerca de 75 milhões de smartphones a cada trimestre e o mercado de telefones celulares movimenta mais de 1,5 bilhão de aparelhos por ano.

Fonte: The Register

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.