Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

CMF by Nothing pode estar trabalhando em primeiro celular barato

Por| Editado por Wallace Moté | 08 de Maio de 2024 às 10h13

Link copiado!

Reprodução/CMF
Reprodução/CMF

A Nothing apresentou a CMF como uma marca de acessórios mais acessíveis com forte identidade visual e característico tom laranja em seus produtos. E novas informações apontam que a subsidiária pode estar próxima de apresentar seu primeiro smartphone.

Fontes internas teriam afirmado ao 91mobiles que o celular da CMF pode custar metade do preço do Nothing Phone (2a). Como o modelo da Nothing é vendido a 23.999 rúpias na Índia, equivalente a R$ 1.400, o celular da CMF pode chegar ao país custando 12 mil rúpias, cerca de R$ 700.

O dispositivo teria processador Dimensity 5G (não especificado) da MediaTek, tela de 6,5 polegadas e bateria de 5.000 mAh com recarga rápida de 33 Watts.

Continua após a publicidade

O site também afirma que o primeiro celular da CMF pode herdar a política de software dos smartphones da Nothing, com 3 anos de atualizações do Android e 4 anos de updates de segurança.

CMF Phone (1)? Calma lá!

Embora as poucas informações de ficha técnica fornecidas pelo 91mobiles pareçam confiáveis, o site perde muita credibilidade ao categorizar um conceito do celular da CMF (acima) como "vazamento”.

A imagem feita pelo usuário Invalid-01 e postada no Reddit há dois meses imagina o dispositivo chamado de CMF Phone (1) na cor laranja, além de uma ficha técnica conceitual também imaginar o hardware do celular.

Embora todo o projeto do CMF Phone (1) não passe de um conceito — desde seu nome até o design —, ainda existe certa possibilidade de que a subsidiária da Nothing de fato lance um celular próprio com foco em preço baixo.

Em setembro a marca apresentou diversos acessórios incluindo seu próprio relógio inteligente, fone de ouvido CMF Buds Pro (que possui análise no Canaltech) e carregador de alta potência, todos com preços mais acessíveis.

A chegada de um celular barato para complementar o já existente ecossistema composto por smartwatch e fone sem fio faz sentido, especialmente com a proposta de popularização da CMF na Índia. Resta saber se o plano pode mesmo sair do papel, e se o celular chegará a outros mercados.

Continua após a publicidade

Fonte: 91mobiles