Agora é oficial: BlackBerry confirma possibilidade de ser vendida

Por Redação | 12 de Agosto de 2013 às 15h50

A BlackBerry anunciou publicamente por meio de um comunicado que seu Conselho de Administração está explorando estratégias alternativas para aumentar seu valor e suas vendas, a fim de acelerar a implantação do BlackBerry 10.

"Dada a importância e a força da nossa tecnologia, da indústria em evolução e do cenário competitivo, acreditamos que agora é o momento certo para explorar alternativas estratégicas", disse Timothy Dattels, presidente da Comissão Especial do Conselho de Administração da BlackBerry.

Na última semana, rumores já diziam que a antiga RIM estava considerando a possibilidade de fechar seu capital. Além de fazer parte de sua estratégia para voltar a figurar entre os maiores nomes do mercado de smartphones, o presidente executivo da companhia, Thorsten Heins, estaria ficando convencido de que a ideia de tornar a BlackBerry privada pode lhes dar espaço para respirar e corrigir seus problemas "longe dos olhos do público".

Agora, o comunicado oficial diz que essas "estratégias alternativas" que serão exploradas incluem "possíveis joint ventures, parcerias ou alianças estratégicas, a venda da companhia ou outras transações possíveis". O presidente Thorsten Heins explica ainda que, à medida que a Comissão Especial centra-se na exploração de alternativas, a diretoria da empresa continua com a sua estratégia de redução de custos.

A companhia está focada em acelerar a implantação do BlackBerry Enterprise Service 10 (BES 10), sua solução para o gerenciamento de dispositivos móveis corporativos e pessoais, bem como na ampliação da base de smartphones BlackBerry 10.

Fato é que as coisas não andam muito fáceis para a BlackBerry, já que as ações da companhia caíram 19% este ano. Seu valor de mercado também despencou para US$ 4,8 bilhões, perante um pico de US$ 84 bilhões atingido em 2008. A companhia tem depositado suas esperanças na sua nova linha de dispositivos BlackBerry 10.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.