Rumor sugere que Jessica Jones retorne para série da Mulher-Hulk

Por Beatriz Vaccari | 11 de Janeiro de 2021 às 18h15
Divulgação
Tudo sobre

Marvel

Saiba tudo sobre Marvel

Ver mais

Jessica Jones foi uma série que muitos fãs acreditam que estava a frente de seu tempo quando foi lançada. O projeto foi um dos primeiros live-actions liderados por mulheres quando a Marvel já pertencia à Disney, estreando muito antes de Capitã Marvel e Viúva Negra, dando outro tom às tramas de super-heróis da televisão e ainda apresentando personagens LGBT com bastante tempo na tela.

A série trouxe Krysten Ritter, que até o lançamento da série era conhecida por seus papéis nas séries Breaking Bad e Don't trust the B**** in Apartment 23, como Jessica Jones, que abandonou a breve carreira de super-heroína para focar na vida de detetive particular em Nova York. A primeira temporada da série foi altamente elogiada pela crítica especializada por trazer discussões sobre agressão sexual para a tela, dois anos antes do movimento #MeToo ganhar popularidade.

A notícia agora é que, após o cancelamento pela Netflix em 2019, a personagem pode fazer seu retorno na nova série exclusiva para o Disney+: She-Hulk. Um rumor de DanielRPK, que já adiantou diversas informações confiáveis em sua carreira, sugere que a atriz Krysten Ritter estaria voltando para a personagem ao lado de Tatiana Maslany na próxima produção da Marvel.

Jessica Jones foi um sucesso instantâneo em 2015 (Imagem: Divulgação / Netflix)

Vale destacar que há questões contratuais por trás de tudo isso. Os direitos desses personagens que tiveram séries na Netflix pertencem à empresa por dois anos após o cancelamento de suas produções, ou seja, Jessica Jones foi cancelada em 2019, o que faz total sentido a Disney e a Marvel estarem cogitando a presença da detetive na série de Jennifer Walters, que está prevista para lançar no streaming até 2022, no mínimo.

Houve também rumores de que Charlie Cox estaria reprisando seu papel como Matt Murdock no próximo Homem-Aranha. O ator protagonizou a série Demolidor, também para a Netflix, mas que foi cancelada em novembro de 2018, significando que, em teoria, os direitos do personagem já foram devolvidos à Marvel. DanielRPK, em sua conta do Twitter, ainda chegou a retweetar uma publicação que diz a opinião de Kevin Feige a reviver séries da Marvel, com imagens de Jessica Jones, O Justiceiro, Demolidor e Luke Cage.

Krysten Ritten deve voltar para o papel da detetive particular em She-Hulk (Imagem: Divulgação / Netflix)

Sobre isso, Feige declarou em uma entrevista ao DEADLINE recentemente que as séries da Marvel para o Disney+ são tratadas como prioridade no momento pela companhia, mas não descartou as possibilidades dessas amadas produções voltarem a serem discutidas. "Certamente vocês viram nossos anúncios na Comic-Con de um ano e meio atrás, e recentemente, as séries no Disney Investor Day. Esse é o nosso foco no momento. Mas, estou trabalhando na Marvel por tempo suficiente, e aprendi que nunca deve se dizer nunca para qualquer assunto", comentou o líder da empresa de super-heróis.

Já Krysten Ritter deixou claro em 2019 que possui grande carinho por Jessica Jones, mesmo com a série sendo cancelada. "Eu interpretaria [Jessica Jones] novamente em um piscar de olhos, ela é a personagem mais legal de todos os tempos e eu a amo!" declarou a atriz. "Você nunca sabe o que o futuro reserva. Por enquanto, estou tão orgulhosa do trabalho a longo prazo e de caráter que tive que fazer. Tem sido um sonho, nunca diga nunca!"

She-Hulk será dirigida por Kat Coiro e Anu Valia, com Jessica Gao assinando o roteiro. A série, até então, possui Tatiana Maslany, Tim Roth e Mark Ruffalo no elenco.

Fonte: CBR

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.