Publicidade

Por que Hilda Furacão virou um fenômeno gringo?

Por| Editado por Durval Ramos | 05 de Janeiro de 2024 às 13h00

Link copiado!

Globo
Globo

A minissérie brasileira Hilda Furacão voltou a fazer sucesso com o público 25 anos depois de sua exibição original. Só que, dessa vez, a fama do folhetim não se deve a uma reprise ou algo do tipo, mas ao TikTok.

Ao longo das últimas cenas, milhares de publicações invadiram as redes sociais falando sobre a minissérie brasileira de 1998. Em alguns casos, são apenas trechos compartilhados da produção estrelada por Ana Paula Arósio e Rodrigo Santoro, mas é também muito fácil encontrar muitos estrangeiros emocionados e empolgados com a trama nacional, além de ilustrações e fanarts feitas por artistas de diferentes cantos do mundo. Mas a grande razão é: por quê?

Esse sucesso pode ser explicado pelo fato de uma entrevista com a atriz Laura Linney para o programa The Graham Norton Show, da BBC, ter viralizado. No vídeo, ela fala que o melhor beijo cinematográfico que já deu em toda sua carreira foi em Rodrigo Santoro no filme Simplesmente Amor. Isso fez com que muitos estrangeiros “descobrissem” o ator brasileiro e pesquisassem pelo seu nome no TikTok, encontrando assim, cenas da minissérie que ele estrelou na TV Globo.

Continua após a publicidade

Pouco tempo após a entrevista viralizar, o nome da série teve um grande aumento de procura no Google Trends — site que mede a busca por assuntos na internet. Confira no gráfico abaixo.

E é difícil apontar com exatidão o porquê de especificamente Hilda Furacão ter feito tanto sucesso entre o público internacional — até porque Santoro já tem uma carreira em Hollywood de mais de duas décadas, protagonizando desde romances, como o já citado Simplesmente Amor, até séries como Lost e Westworld.

Continua após a publicidade

Uma das possíveis razões que pode explicar essa descoberta do clássico da Globo pelos gringos está no visual bastante chamativo do ator, que interpreta um noviço. Na época, o ator tinha apenas 23 anos de idade e o rosto ainda juvenil e o cabelo de frei podem ter sido a porta aberta para que o pessoal descobrisse uma trama cheia de amores proibidos e muito mais.

A trama de Hilda Furacão

Exibida na Rede Globo pela primeira vez em 1998 e reprisada no Canal Viva algumas vezes, Hilda Furacão conta a história de Hilda Muller (Ana Paula Arósio), uma mulher rica e de família tradicional mineira que foge da igreja no dia do casamento e acaba indo parar na zona boêmia de Belo Horizonte, local onde ficavam os prostíbulos. A partir daí, ela se torna uma das prostitutas mais famosas da cidade e, mesmo tendo milhões de homens aos seus pés, não desiste de conquistar o amor do Santo, como era chamado o noviço Malthus, vivido por Rodrigo Santoro.

Continua após a publicidade

E foi justamente as cenas dos dois protagonistas que viralizaram nas redes sociais, onde é possível encontrar vários comentários em inglês, espanhol e até alemão de pessoas pedindo para que mais trechos da minissérie sejam traduzidos.

Entre algumas das cenas está aquela em que Hilda e Malthus trocam olhares em um plebiscito para a criação das Cidade das Camélias — local destinado às prostitutas da cidade. De um lado, ela é contra a ideia e, do outro, ele defende a criação da cidade. Mesmo em conflito, os dois não conseguem esconder o sentimento um pelo outro.

Hilda Furacão é real?

Continua após a publicidade

Baseada no romance homônimo do jornalista Roberto Drummond e adaptada por Glória Perez, Hilda Furacão fez sucesso quando estreou no final da década de 1990 e até hoje é motivo de curiosidade. Isso porque a trama é baseada na história de uma garota de programa muito famosa de Belo Horizonte que ninguém sabe se realmente existiu ou não.

Embora a maioria das pessoas que viveram na cidade na década de 1950 e 1960 afirmem que a moça realmente habitou a zona boêmia da cidade, o autor sempre fez mistério quanto à sua veracidade. Além dela, outras figuras que viveram no local são retratadas na série, como a travesti Cintura Fina (Matheus Nachtergaele) e a prostituta Maria Homem (Rosi Campos).

Muito além de Rodrigo Santoro

Continua após a publicidade

E, por falar em outros personagens, Hilda Furacão não só apresenta figuras importantes como também faz um bom retrato da capital mineira, mostrando empresas relevantes da época como a Rádio Inconfidência, que até hoje é uma das mais importantes da cidade.

Além disso, a série apresentou novos rostos para o público que depois se tornaram atores bem conhecidos, como Thiago Lacerda que aos 20 anos deu vida à Aramel, um galanteador que sonha em ir para Hollywood. Fora isso, a trama traz veteranos renomados como Paulo Autran, Stênio Garcia, e Mário Lago.

Quem quiser assistir à minissérie, a encontra completa no Globoplay.