Obra de Neil Gaiman, Sandman deve virar série pela Netflix

Por Rafael Arbulu | 01 de Julho de 2019 às 11h12
(Imagem: Reprodução/Vertigo)
Tudo sobre

Netflix

Saiba tudo sobre Netflix

Ver mais

A série de graphic novels Sandman, uma das mais icônicas e reverenciadas da indústria de quadrinhos e autorada por Neil Gaiman, deve ser adaptada para série televisiva pela Netflix em data ainda não revelada. Publicada pelo recentemente descontinuado selo Vertigo, a série é parte do compêndio da DC Comics, cuja proprietária é a Warner Bros. O acordo vem sendo chamado por fontes da indústria de “o projeto mais caro para série de TV que a Warner já fez”.

Segundo o Hollywood Reporter, a adaptação de Sandman foi incorporada pela Netflix após a Warner oferecer a criação do show para diversas emissoras no mercado aberto. Recentemente, Gaiman vem coletando amplo sucesso com outra série também baseada em uma de suas obras: Good Omens, exibida pelo serviço Amazon Prime. A Warner espera capitalizar em cima do nome do autor, que terá envolvimento direto na criação desta nova adaptação.

Outros dois nomes de peso envolvidos no projeto são Allan Heinberg (Mulher Maravilha; Grey's Anatomy) como roteirista e showrunner; além de David Goyer (trilogia Batman de Christoper Nolan; Homem de Aço), que atuará como produtor executivo a pedido de Neil Gaiman.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
Sandman, o Mestre dos Sonhos: personagem de icônica série de quadrinhos de Neil Gaiman deve virar série de TV nas mãos da Netflix (Imagem: Reprodução/Vertigo)
Neil Gaiman, autor de Sandman (Foto: Gary Miller/Film Magic/Getty Images)

Sandman foi publicado pelo selo Vertigo da DC Comics, voltado ao universo macabro, de horror e fantasia. A série conta a vida de Morpheus, o Senhor dos Sonhos, lançando mão de suas interações com o mundo dos homens, além de narrar fatos de sua relação com os outros “Perpétuos” (Endless, no quadrinho original) a quem tem como irmãos Destino, Morte, Destruição, Desejo, Desespero e Delírio (Morpheus responde como “Sonho”). Cada um dos Perpétuos é a personificação de um aspecto inerente à personalidade humanidade.

Não é a primeira vez que Sandman é cotado para virar produção televisiva: na década de 1990, a Warner tentou pela primeira vez transformar os quadrinhos de Gaiman em uma série de filmes, mas o projeto não vingou. Em 2013, anos mais tarde, rumores de que o ator Joseph Gordon-Levitt assumiria a direção de um filme baseado na série de graphic novels começaram a aparecer, mas isso também não foi para frente.

A medida faz sentido para a Netflix. Desde que rompeu relações com a Disney (que é dona da Marvel e, consequentemente, das séries que eram exibidas no serviço de streaming e foram canceladas no ano passado), a empresa liderada por Reed Hastings vem procurando aliar-se a grandes nomes da cultura pop moderna. Além de Sandman, a companhia vai produzir shows de Magic: The Gathering e As Crônicas de Nárnia.

Até o momento, nem Warner nem Gaiman comentaram a produção. Também não há previsão de início de produção da série, nem contagem de episódios ou formato.

Fonte: Hollywood Reporter

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.