Naya Rivera, de Glee, é encontrada morta em lago na Califórnia

Por Claudio Yuge | 13 de Julho de 2020 às 19h10
Fox News

Naya Rivera, que interpretou Santana Lopez na série Glee, da Fox, estava desaparecida desde a quarta-feira da semana passada (8), quando passeava com o filho de quatro anos no Lago Piru, no Condado de Ventura, na Califórnia, Estados Unidos. A atriz, de 33 anos, vinha sendo procurada desde então e nesta segunda-feira (13), o xerife local, Bill Ayub, confirmou a morte de Rivera, encontrada sem indícios de suicídio ou assassinato.

Ayub afirmou que as buscas foram difíceis porque o fundo do Lago Piru possui grande vegetação e detritos, o que desfavorece a visibilidade para busca. Embora o afogamento por acidente seja a causa mais provável de sua morte, a polícia continua investigando o caso para saber mais detalhes.

Naya Rivera como Santana Lopez, em Glee (Reprodução/Fox)

Nascida em 12 de janeiro de 1987, em Valência, Califórnia, Rivera era descendente de porto-riquenha, afro-americana e alemã. Ela apareceu em comerciais quando criança e estreou em série de TV aos quatro anos, na The Royal Family. Em seguida, fez pequenas participações em episódios de Um Maluco no Pedaço e Baywatch.

Contudo, seu papel mais conhecido mesmo foi o de Santana Lopez, em Glee, interpretando o personagem de 2009 até o final do programa em 2015. Nesse período, a ela recebeu várias indicações no Screen Actors Guild Awards , Grammys e Teen Choice Awards.

Maldição de Glee?

A morte de Rivera é mais um dos eventos trágicos que rondam a série. O anúncio de seu falecimento acontece exatamente sete anos após o colega de TV, Cory Monteith, ter sido encontrado sem vida em seu apartamento, no dia 13 de julho de 2013. Monteith tinha 31 anos e veio a óbito em Vancouver, no Canadá, após ingerir grande quantidade de heroína e champanhe. Na época, muita gente já falavam sobre a “Maldição de Glee”.

Cory Monteith também teve uma morte trágica (Reprodução/Fox)

Ainda em 2013, Mark Selling, que interpreatava Noah “Puck” em Glee, foi acusado de agressão sexual por sua ex-namorada. Em 2018, Salling cometeu suicídio aos 25 anos, depois de ser declarado culpado pela posse de imagens de pornografia infantil. Um ano depois da morte de Monteith, o namorado da atriz Becca Tobin, a Kitty de Glee, foi encontrado morto em um hotel na Filadélfia — e até hoje o caso continua em aberto, já que a investigação sobre o ocorrido foi inconclusiva. 

A própria Rivera já havia sido presa em 2017, acusada de agredir o ex-marido Ryan Dorsey, com que tem o filho, que agora ficou sem a mãe. E, mais recentemente, Samantha Marie Ware, que interpretava Jane Hayward, acusou Lea Michele, a Rachel Berry de Glee, de transformar sua estreia na TV “um verdadeiro inferno”.

"Maldição" ou não, é inegável que o elenco de Glee protagonizou os casos mais chocantes e estranhos nos bastidores da TV nos últimos anos.

Fonte: Variety  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.