Grey's Anatomy vai abordar a COVID-19 com base em experiências de médicos reais

Por Natalie Rosa | 22 de Julho de 2020 às 16h15
Divulgação

Há mais de 15 anos no ar, a série Grey's Anatomy, um dos títulos de maior sucesso de Shonda Rhimes, aborda o mundo da medicina baseado em doenças reais. Com a COVID-19 em cena, não vai ser diferente.

Krista Vernoff, produtora-executiva da série, confirmou ao site Entertainment Weekly que a pandemia será sim abordada na trama, que entrará em sua 17ª temporada. "Não há alguma chance de que uma série médica no ar há tanto tempo não fale sobre a história médica do nosso tempo", completa.

Imagem: Divulgação

Assim como os outros episódios, a abordagem do tema coronavírus será feita com o auxílio de uma equipe médica real, que irá compartilhar suas experiências durante a pandemia. Vernoff diz ainda que, em todos os anos, antes de cada temporada, os profissionais contam histórias "doidas" e "engraçadas", mas que agora a situação é muito mais séria.

"Esse ano, parece mais como uma terapia. Os médicos chegam e nós somos as primeiras pessoas com quem eles falam sobre a experiência que estão vivendo. Eles estão literalmente tremendo e tentando não chorar, eles ficam pálidos e contam como se fosse uma guerra — uma guerra na qual eles não foram treinados", completa a produtora-executiva da série.

A 16ª temporada de Grey's Anatomy chegou ao fim em março deste ano, e ainda não há uma previsão da chegada dos próximos episódios.

Fonte: EW

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.