Estreia de "Game of Thrones" foi pirateada mais de 90 milhões de vezes

Por Redação | 21.07.2017 às 10:47
photo_camera HBO

A estreia da nova temporada de Game of Thrones não movimentou apenas os fãs com acesso à HBO, é claro. De acordo com dados da consultoria de monitoramento MUSO, o primeiro capítulo do sétimo ano do show foi pirateado nada menos do que 90 milhões de vezes desde o último domingo (16).

Ao contrário do que o total faz pensar, entretanto, esse número não se refere aos downloads irregulares – eles são menos de 10%. O grande nome da pirataria relacionada a Game of Thrones, aqui, foram os serviços irregulares de streaming, com boa parte deles transmitindo o capítulo em tempo real, junto dos Estados Unidos e outros países, com fãs que não são assinantes de TV a cabo fazendo uso desse tipo de solução.

De acordo com os dados, apenas em serviços piratas o primeiro episódio da nova temporada teve 77,91 milhões de visualizações, contra apenas 8,87 milhões de downloads registrados em portais de torrent, na soma de trackers públicos e privados. Sites de download direto, uma categoria que parece defasada, mas que ainda é bastante utilizada, contribuíram com 4,9 milhões de acesos.

A maioria do tráfego nos canais piratas veio dos Estados Unidos, com 15,1 milhões de downloads e transmissões. Em segundo lugar está o Reino Unido, com 6,2 milhões, seguido da Alemanha, Índia e Indonésia, praticamente empatados entre os quatro e cinco milhões cada um. O Brasil aparece na 14ª posição com 1,7 milhão de visualizações.

É, mais uma vez, um recorde para o mundo dos bucaneiros, garantindo para Game of Thrones a continuidade de seu título de série mais pirateada. Com a estreia da sétima temporada, a HBO estaria emitindo notificações para retransmissores irregulares e também usuários que estejam compartilhando o episódio em torrents. Tal prática, entretanto, não atinge todos os países.

A MUSO afirma que o evento foi o primeiro do qual conseguiu extrair dados mais completos sobre a pirataria, que, em tempos de Netflix, parece cada vez mais migrar dos downloads tradicionais para os streamings não oficiais. Ainda mais quando se fala de uma estreia como a de Game of Thrones, na qual muitos fanáticos desejaram assistir ao episódio junto com as audiências internacionais e assinantes da HBO.

Os dados da MUSO foram obtidos a partir de 200 milhões de dispositivos em 200 países. O tráfego de 23 mil sites foi avaliado entre a noite de domingo, quando o episódio estreou, e esta quarta-feira (19).

Fonte: Torrent Freak