Hackers chineses estão tentando roubar pesquisas sobre a COVID-19

Por Natalie Rosa | 14 de Maio de 2020 às 08h09
Reprodução

O FBI alertou nesta quarta-feira (13) que hackers ligados ao governo chinês estão tentando roubar pesquisas relacionadas às vacinas, testes e tratamentos da COVID-19.

Junto à Agência de Segurança Cibernética e Infraestrutura dos Estados Unidos, o FBI revelou em nota oficial estar investigando o comprometimento de pesquisas relacionadas ao novo coronavírus por hackers afiliados à China. Os cibercriminosos foram pegos tentando identificar e obter de forma ilícita dados de saúde pública sobre a pandemia da COVID-19, de propriedade intelectual. "O roubo dessas informações prejudica a entrega de opções seguras, efetivas e eficientes de tratamento", diz a nota.

Imagem: Reprodução/Pixabay

A recomendação do FBI e da agência é que todas as organizações que estiverem conduzindo pesquisas sobre o novo coronavírus reforcem suas práticas de segurança para evitar que haja o uso clandestino das informações existentes nos documentos.

"Corrijam todos os sistemas de vulnerabilidades críticas, priorize correções de brechas de segurança conhecidas em servidores conectados à internet e softwares que processam dados da internet", sugere o FBI, dizendo que também é necessário criar novos fatores de autenticação e a suspensão de usuários que exibem atividades incomuns.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.