Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Como denunciar golpes no WhatsApp | 4 dicas de segurança

Por| Editado por Claudio Yuge | 05 de Abril de 2022 às 19h20

Link copiado!

Montagem: Caio Carvalho/Canaltech
Montagem: Caio Carvalho/Canaltech
Tudo sobre WhatsApp

Quem nunca viu um amigo ou familiar relatando ter perdido a conta no WhatsApp? Ou, pior ainda, não passou pessoalmente por uma situação de perfil roubado no aplicativo, com os criminosos usando sua imagem e contatos para pedir dinheiro, obter transferências por Pix ou vender produtos falsos? Seguir dicas simples pode ajudar o usuário a se proteger de golpes comuns desse tipo.

A maioria das tarefas para aumentar a segurança das contas pode ser tomada pelo próprio usuário, com a Meta, empresa responsável pelo aplicativo, também podendo agir em caso de impossibilidade de recuperação. Saber como agir antes de um ataque é tão importante quanto saber o que fazer quando cair em um golpe no WhatsApp, por isso, confira agora algumas dicas:

Como denunciar golpes pelo WhatsApp

Continua após a publicidade

O Whatsapp oferece uma página oficial de suporte pela qual os usuários podem pedir ajuda, fazer perguntas e fornecerem informações que possam auxiliar em tarefas de recuperação de conta e denúncia de golpes com terceiros usando a imagem de usuários e pedindo dinheiro, por exemplo. O serviço está disponível em português, assim como as mensagens também podem ser enviadas em nosso idioma, e quanto mais completas, melhor.

A resposta vem por e-mail e pode levar alguns dias para chegar. Por meio do formulário, é possível relatar o roubo de contas e o uso de fotos de avatar por outros números para a prática de golpes, assim como solicitar auxílio nos casos em que os meios usuais de recuperação de perfis não funcionarem. É possível, também, usar o e-mail support@whatsapp.com ou, caso ainda tenha acesso ao aplicativo, fazer isso por meio da opção Configurações - Ajuda - Fale Conosco. Também dá para fazer isso pelo celular de um amigo ou familiar.

O que fazer quando cair no golpe do WhatsApp

Agir rápido é a melhor forma de minimizar o dano ao cair em um golpe no WhatsApp. Normalmente, ao perder a conta, o usuário percebe ter sido vítima de um ataque na mesma hora, perdendo acesso às mensagens e ao próprio perfil. Desde já, é importante deixar claro que o criminoso não terá acesso às suas conversas, já que elas ficam armazenadas apenas em seu aparelho — caso alguém entre em contato, entretanto, a mensagem será recebida pelo bandido.

Avise amigos e familiares

Use outros perfis em redes sociais, como Instagram ou Facebook, para avisar aos contatos sobre o roubo de sua conta e evitar que eles também sejam vítimas dos golpistas. Normalmente, os bandidos agem rápido, entrando em contato com familiares para pedir dinheiro ou anunciando a venda de produtos nos status como forma de obter transferências de valores via Pix.

Continua após a publicidade

O ideal é pedir que eles não engajem com os criminosos e ignorem qualquer mensagem ou solicitação que venha de seu número até que a situação esteja normalizada. Isso é particularmente importante no caso de pessoais mais velhas ou com menos intimidade com a tecnologia, que podem acabar caindo no golpe de forma mais fácil, acreditando estarem falando com uma pessoa querida.

Tente recuperar a conta

A não ser nos casos em que o seu chip de celular for clonado, ainda será possível receber novos códigos de verificação do WhatsApp e reverter o acesso à conta. Para isso, basta apagar e instalar novamente o aplicativo em seu celular, seguindo os processos de verificação e recebendo o código de acesso via SMS, para validar seu número e retomar o uso do mensageiro.

Continua após a publicidade

O código é o segredo para reinstalar a conta em um novo aparelho, por isso, ele nunca deve ser passado para ninguém. A sequência numérica é de uso exclusivo do próprio usuário e só pode ser usada uma vez, por isso, ao perceber que sua conta foi furtada por terceiros, tente realizar o processo de verificação novamente para que ela seja recuperada.

Enquanto não é possível usar a mesma conta do WhatsApp em mais de um celular por vez, ela também pode ser acessada no computador. Por isso, ao recuperar o perfil, é importante usar a opção Aparelhos conectados, no menu de ConfiguraçÕes, para se certificar de que o perfil não foi ativado em um PC de posse dos bandidos. Caso encontre algo de estranho, por esta tela, é possível desativar a conexão.

Ative a autenticação em duas etapas

Continua após a publicidade

A verificação em múltiplo fator é um recurso importante para garantir mais segurança para a conta do WhatsApp. Por meio dele, o usuário deverá inserir uma senha adicional para usar o mensageiro ou ativá-lo em um novo celular; ela é separada do código de verificação e pode impedir o acesso de bandidos à conta mesmo em caso de clonagem de chips telefônicos.

A opção pode ser ativada no menu de Configurações, na opção Conta e, depois, Confirmação em duas etapas. Clique em Ativar para inserir um código numérico de seis dígitos que nunca deverá ser passado para ninguém, assim como um e-mail de recuperação (que deve ser válido) para recuperar a conta caso a senha seja esquecida.

Com a autenticação em duas etapas ativada, o usuário também deverá inserir a senha de seis dígitos de tempos em tempos, um processo que também pode usar a verificação biométrica por face ou impressão digital, caso o smartphone seja compatível. Isso também vai impedir que a sua conta no WhatsApp seja acessada em caso de roubo ou perda do celular.

Faça um boletim de ocorrência

Continua após a publicidade

No caso de perdas de valores, entrega de dados pessoais ou outros tipos de ações criminosas decorrentes de uma clonagem do WhatsApp, vale a pena procurar a autoridade policial para registrar o incidente e buscar auxílio legal. O documento também pode servir para reaver valores após a clonagem de cartões, por exemplo, ou em casos de assédio e perseguição decorrentes da exposição de informações aos criminosos.