Cartilha de segurança digital ajuda brasileiros contra fraudes e golpes online

Cartilha de segurança digital ajuda brasileiros contra fraudes e golpes online

Por Dácio Castelo Branco | Editado por Claudio Yuge | 10 de Novembro de 2021 às 18h20
Divulgação/Pete Linforth/Pixabay

O Comitê de Antifraude da Câmara Brasileira da Economia Digital (camara-e.net) acaba de lançar a "Cartilha de Segurança para o Consumidor Digital", que descreve novos golpes da internet, traz dicas para evitar e se proteger deles e dá orientações sobre o que precisa ser feito caso o consumidor tenha sido vítima de uma fraude online.

Segundo Gerson Rolim, consultor do Comitê de Antifraude, os bandidos aproveitaram a pandemia para criar novos golpes, como o do perfil falso do WhatsApp, e repaginar alguns antigos, como o da falsa central telefônica. "Durante a pandemia, seis em cada 10 usuários de internet sofreram alguma fraude financeira no Brasil, segundo pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas realizada em parceria com o SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e Sebrae (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). Foram cerca de 16,7 milhões de brasileiros prejudicados por golpes virtuais."

Segundo Rolim, os golpes atingiram consumidores de todas as classes sociais, idades, gênero e nível de escolaridade. O executivo também afirmou que os fraudadores dos golpes vistos tem uma grande capacidade de adaptação, e que, com a aproximação da Black Friday e do Natal, a tendência é que o número de crimes desse tipo só aumente.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Golpes presentes na cartilha

Imagem: Divulgação/Camara-e.net

Para Beatriz Soares, diretora de Produto e Operações da OLX e coordenador do Comitê de Antifraude da câmara-e.net, a cartilha é um passo importante para educar a população sobre alguns perigos digitais:

Além dos investimentos em segurança feito pelas companhias, é cada vez mais essencial atuarmos na educação digital dos usuários, uma vez que muitos dos golpes ocorrem por engenharia social, ou seja, quando os golpistas utilizam de técnicas para enganar o usuário e conseguir as informações que precisam. Assim como adotamos atitudes seguras ao nos locomovermos nas ruas, devemos estar atentos também no ambiente virtual para termos uma melhor e mais segura experiência na internet.

Com mais de 100 milhões de usuários no país, o WhatsApp é o alvo principal dos golpistas. A cartilha mostra como o aplicativo de mensagens está sendo usado para extorquir dinheiro dos contatos das vítimas, usando as facilidades dos meios de pagamento instantâneo, como Pix e WhatsApp Pay, além do uso de perfil falso no mensageiro ou mesmo a clonagem de contas. Ela também aborda o Roubo de Celulares, e os golpes de falsa vaga de emprego e falsa central de atendimento.

A cartilha também conta com dicas básicas de segurança e sites úteis que podem ajudar o consumidor a identificar se seus dados pessoais vazaram e estão sendo utilizados pelos bandidos para a aplicação de outros golpes. Disponibilizamos algumas delas a seguir:

  • Cuidado com as suas senhas: Não compartilhe suas senhas com amigos e parentes ou encaminhe-as por aplicativos de mensagens, e-mail ou SMS;
  • Use senhas fortes: Escolha uma formada por uma combinação de letras maiúsculas, minúsculas, números e caracteres especiais;
  • Use senhas diferentes: Não use a mesma senha para várias contas. Pode ser mais fácil de lembrar, mas também de fraudar;
  • Troque as senhas: Pelo menos a cada três meses, troque as senhas utilizadas nas suas contas de e-mail, aplicativos e lojas. Não use senhas antigas;
  • Cuidado com ligações: Se receber contato em nome do banco ou cartão de crédito para ligar na Central de Atendimento, no número atrás do cartão, ligue
    de outro aparelho. Assim você evita que o golpista desvie a ligação para uma falsa central de atendimento.

A cartilha pode ser baixada em formato PDF, aqui, ou assistida em vídeo, por este link.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.