Publicidade

Alerta para os mais velhos: veja os golpes mais aplicados contra os idosos

Por| Editado por Claudio Yuge | 04 de Outubro de 2022 às 19h20

Link copiado!

LightFieldStudios/Envato
LightFieldStudios/Envato

Idosos estão entre as vítimas preferenciais de golpistas, seja no mundo real, seja no ambiente virtual. Seja por desconhecimento de alguns aspectos da tecnologia, seja por, em alguns casos, se tratar de pessoas mais vulneráveis emocionalmente, os cibercriminosos se interessam muito por pessoas na terceira idade, por isso, é importante estar em alerta para ajudar nossos pais e avós.

Com a pandemia da Covid-19 e o consequente isolamento social, um número considerável de idosos teve seu primeiro contato com um smartphone, por exemplo. O pouco conhecimento em relação ao ambiente virtual, somado a uma inclusão digital acelerada, somadas com o bom crédito que aposentados têm na praça criam a tempestade perfeita.

De acordo com um levantamento da empresa de análise de risco LexisNexis Ricks Solutions, a população com mais de 75 anos é, proporcionalmente, a que mais sofre com golpes. De acordo com o relatório, isso ocorre também por quebra de confiança de parentes e pessoas próximas, que acabam usando os celulares das vítimas para fazer empréstimos, transferências e compras.

Continua após a publicidade

Os principais golpes aplicados contra idosos na internet

Entre os golpes mais comuns aplicados ao público da terceira idade estão as campanhas de phishing, com o envio de e-mails, SMS, e, principalmente, ligações telefônicas. Em geral, os chamarizes são questões relacionadas à aposentadoria, com os golpistas, falsamente, dizendo que o benefício estaria bloqueado para roubar dados ou até dinheiro das vítimas.

Links falsos também são mais perigosos para pessoas mais velhas. Nesses golpes, os bandidos enviam links para capturar dados pessoais. Estes golpes, porém, são mais perigosos, já que as vítimas acabam compartilhando esse conteúdo, e, além de caírem nos golpes, acabam fazendo com que outras pessoas também caiam, isso tudo sem saber.

Idosos também estão entre as principais vítimas de golpes envolvendo roubos de contas no WhatsApp. Sempre que tomam o controle de um perfil após clonar uma conta, por exemplo, os golpistas procuram pessoas cujo contato é mais próximo, como cônjuges, e também pessoas mais velhas, principalmente pais e avós.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Pedidos de ajuda virtual também acontecem bastante. Em um golpe parecido com o falso sequestro, os golpistas pedem ajuda financeira para as vítimas, mas chamando pouco a atenção. O Pix tornou essas fraudes mais perigosas, já que as transferências são mais rápidas e não é possível pedir o reembolso desse valor depois.

Como proteger os idosos de golpes virtuais

É importante proteger nossos idosos dessas fraudes, e o primeiro passo para isso é a informação. É fundamental estar sempre alerta e atualizado com informações sobre golpes e passar essas informações para que os mais velhos se protejam. Idosos podem ser pessoas carentes, por isso, o ideal é se oferecer para ajudá-los em caso de dúvidas.

Em relação a compras, o ideal é usar uma técnica conhecida como 3P, que envolve parar, pesquisar e pensar. Em geral, esses golpes envolvem grandes promoções, como é o caso da Black Friday, e isso acaba incentivando compras por impulso. Nestes casos, também é importante se oferecer como alguém para ajudar nas compras para auxiliar no diagnóstico de golpes virtuais.