Drone é pego levando armas e drogas para dentro de penitenciária britânica

Por Redação | 23.03.2015 às 17:25

Embora todo mundo esteja vendo a chegada dos drones como uma novidade repleta de benefícios, aos poucos o mundo vai percebendo que a tecnologia também pode ser usada para fins ilegais. Na Inglaterra, por exemplo, a polícia local interceptou um desses aparelhos tentando entrar em uma penitenciária com armas, drogas e telefones celulares.

Quer dizer, "interceptou" é modo de falar, já que o drone modelo DJI Phantom 2 Vision simplesmente perdeu o controle e ficou preso no arame farpado sobre os muros da Prisão de Bedford, a 92 quilômetros de Londres. Ainda assim, a tentativa pegou todas as autoridades de surpresa por ser a primeira vez que algo do tipo acontece no país.

Isso deixou toda a polícia britânica em alerta e preparada para impedir que casos semelhantes se repitam. A oficial responsável, Sonya Minney, afirmou que algumas celas tiveram as janelas cobertas para impedir que materiais externos entrem de maneira ilegal.

O curioso é que o drone em questão tem um raio de cobertura razoável, podendo atingir até 800 metros. Isso significa que a pessoa que controlava o equipamento não estava tão perto da prisão, o que dificulta a vida dos policiais que tentam descobrir quem foi o responsável pela tentativa de invasão.

E esse tipo de ação não é nenhuma novidade em outros locais do mundo. Casos parecidos aconteceram nos Estados Unidos, Canadá e até mesmo no Brasil. Em agosto do ano passado, por exemplo, criminosos usaram um drone para tentar enviar celulares para dentro de uma cadeia em Guarulhos.

Apesar do aumento no número de ocorrências, alguns especialistas ainda são céticos quanto ao uso da tecnologia para o crime. Em entrevista ao periódico, um membro da Associação de Sistemas de Voo Pilotados Remotamente, Adam Bailey, afirma que essas tentativas são estúpidas, uma vez que o barulho e as luzes de um drone podem facilmente chamar a atenção da polícia. Mas, como nós bem já sabemos, não há limite para a ousadia quando o assunto é cometer crimes.

Via Daily Mail