Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

8 dicas para limitar o tempo de tela das crianças e mantê-las seguras

Por| 14 de Outubro de 2022 às 19h20

Link copiado!

Pexels/Andrea Piacquadio
Pexels/Andrea Piacquadio

Sabemos que, a cada dia que passa, ficamos mais horas do dia olhando para os painéis de celulares, laptops, computadores, tablets ou mesmo a TV. E, entender e determinar o tempo de tela ideal para as crianças às vezes pode ser difícil de definir ou calcular. Ainda assim, é preciso lembrar que quanto mais os pequenos ficam vidrados em dispositivos, menos momentos eles estão envolvidos em brincadeiras ativas — e isso não é saudável.

Os pais precisam ter responsabilidade ao liberar o uso da internet e aplicativos de celulares para crianças. Existem maneiras de controlar as interações de seus filhos na web e o tempo de tela, como o bloqueio ao acesso a sites inadequados, o uso de configurações de período de uso e o gerenciamento do acesso ao dispositivo.

Além disso, é importante adicionar um software antivírus nos aparelhos da família, como uma camada de proteção.

Continua após a publicidade

8 dicas para limitar o tempo de tela das crianças

Javier Rincón, Diretor Regional para a América Latina da empresa de segurança Avast, listou algumas recomendações para ajudar a manter os filhos seguros online e ajudá-los a ficar offline quando necessário.

1. Dê o bom exemplo

“Faça o que eu digo, não o que eu faço” só funciona às vezes. Ajude os seus filhos sendo um bom líder, mostrando como você interage com o seu próprio celular. Então, desligue o telefone e esteja presente com eles.

Continua após a publicidade

2. Crie espaço para o tempo sem tela

Mesmo o tempo de tela passivo, como ter a TV ligada em segundo plano, conta. Coloque os dispositivos fora de vista, para que eles fiquem fora da mente – e certifique-se de comprar um celular para o seu filho somente quando for a hora certa.

3. Monitore sempre o tempo de tela

Às vezes só um acordo basta, outras não. Ao monitorar os seus filhos online e definir limites com um aplicativo para pais, você saberá exatamente quando é hora de encerrar o dia.

Continua após a publicidade

4. Evite telas 90 minutos antes de dormir

Isso vale também para os adultos. O tempo de tela antes do sono afeta diretamente a capacidade da criança dormir bem. Crie alguns cenários em que o período de uso simplesmente não seja uma opção, como durante a escola, à noite ou durante as refeições.

5. Desenvolva um sistema baseado em recompensas

Um gráfico de tendências de uso que acompanha o bom comportamento pode ajudar a determinar se o tempo de tela foi ganho por meio de um manuseio saudável ou se são necessárias mais tarefas, trabalhos de casa ou tempo fora.

Continua após a publicidade

6. Concentre-se em mídia ativa, não passiva

Prefira o uso que permita à criança interagir com o dispositivo (painel sensível ao toque, jogos de aprendizagem apropriados para a idade ou chamadas de vídeo). O tempo de tela sedentário tende a durar mais, portanto, procure evitar esse tipo de manuseio.

7. Mantenha-se firme

Crie hábitos fáceis de lembrar, sustentáveis, e que toda a família possa viver. Afinal, manter a segurança online é um esforço de equipe.

Continua após a publicidade

8. Tenha certeza de que você está protegido

A internet oferece uma gama ilimitada de experiências online e, embora grande parte do mundo conectado seja seguro, nem todo o conteúdo disponível é apropriado para todos na sua família. Quando os pequenos estão navegando, pode levar apenas um ou dois cliques inadvertidos para que eles acabem em um site impróprio ou inseguro. Portanto, é importante ter uma solução antivírus e/ou outros softwares para proteção.