Para combater coronavírus, Xiaomi ajuda Itália com novo lote de máscaras

Por Diego Sousa | 19 de Março de 2020 às 15h55
Reprodução/BuzzFeed News
Tudo sobre

Xiaomi

Saiba tudo sobre Xiaomi

Ver mais

A Xiaomi doou mais um carregamento de máscaras à Defesa Civil da Itália para ajudar o país a passar pela atual crise de saúde pública, decorrência da CODIV-19, doença causada pelo novo coronavírus. Só nesta quarta-feira (18), foram registrados 475 mortes, recorde de um país em um dia.

As máscaras foram doadas pela Xiaomi às autoridades italianas

Em comunicado, Chew Shou Zi, CFO e presidente da Xiaomi Internacional Corporation, comentou que, em breve, mandará outros tipos de suprimentos médicos à Itália. No último dia 5 de março, a marca chinesa já havia anunciado o envio do primeiro lote de máscaras e outros produtos médicos ao país.

Segundo as autoridades italianas, as doações serão distribuídas na região de Lombardia. A região é o que mais sofre com o surto do coronavírus. Atualmente, o número total de casos ultrapassou a marca dos 35.700, sendo que 2.978 morreram.

O Canaltech questionou a Xiaomi Brasil se há a possibilidade de prestar auxílio também por aqui. Fomos informados de que a empresa está verificando com a matriz global algumas ações para o país e que, em breve, saberemos mais detalhes.

Por enquanto, os estados do Rio de Janeiro e São Paulo declararam estado de emergência para conter o contágio por CODIV-19. Já a Câmara dos Deputados aprovou, no último dia 18, o projeto do governo que decreta estado de calamidade pública no Brasil devido ao surto do novo coronavírus. Cinco mortes já foram confirmadas no país.

Fonte: Hardware Upgrade

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.