Veneno é encontrado em cartuchos de cigarro elertônico nos EUA

Por Fidel Forato | 30 de Setembro de 2019 às 17h07

A polêmica envolvendo os cigarros eletrônicos continua atraindo holofotes nos Estados Unidos. Após investigação da FDA, órgão que atua como a Anvisa brasileira no país, foi a vez da NBC News encomendar seus próprios testes e publicar resultados nada aprazíveis. A produtora de TV contratou uma terceirizada, que usou 10 cartuchos "piratas" de cigarros eletrônicos contendo THC e identificou que todas as amostras continham o pesticida myclobutanil, que quando em combustão, pode se transformar em cianeto de hidrogênio, veneno conhecido por ser altamente letal.

A existência do myclobutanil nos cartuchos analisados acende uma luz no painel para autoridades americanas, por conta de sua ação tóxica nos pulmões, segundo Melodi Pirzada, especialista em pneumologia pediátrica do NYU Winthrop Hospital, em Long Island.

Cerca de 12 pessoas morreram nos Estados Unidos de doenças pulmonares relacionadas ao uso dos cigarros eletrônicos e 805 já foram hospitalizadas no país devido aos vapes, segundo autoridades federais de saúde americana. A maioria dos pacientes internados relatou o uso dos e-cigs contendo THC, o ingrediente psicoativo da maconha.

Pesticidas vs vitamina E

A NBC News encomendou a análise da CannaSafe, empresa voltada para o uso seguro de cannabis, a planta da maconha. Foram usadas, ao todo, 18 amostras de cartuchos contendo THC de revendedores licenciados ou não.

Dessas, 15 amostras de cartuchos eram oriundas do mercado ilegal, e foram propositalmente testadas para verificar a existência de acetato de vitamina E, um composto que causa danos quando inalado. Treze delas deram resultado positivo para a substância. Para Pirzada, a Vitamina E é conhecida por causar danos pulmonares significativos quando usada nas misturas de THC.

Prosseguindo com os testes, a CannaSafe usou ainda 10 amostras piratas dos juices para encontrar substâncias venenosas, como o pesticida. Nas 10, o resultado foi positivo para myclobutanil.

Embora alguns pesquisadores apontem para o acetato de vitamina E, substância presente na maioria dos vapes, um consenso sobre as reais causas do surto ainda está distante. Já nas três amostras de juices com THC autorizados para a venda em certos estados americanos, a empresa de testes não encontrou metais pesados, pesticidas ou solventes residuais, como a vitamina E.

No entanto, as investigações continuam. Até o momento, nenhuma substância ou produto isolado foi vinculado como causador das doenças pulmonares relacionadas ao uso de cigarros eletrônicos. Mas vale o alerta: "Você certamente não quer fumar cianeto", disse à NBC News Antonio Frazier, vice-presidente de operações do laboratório de testes de CannaSafe. "Eu não acho que alguém compraria uma essência com cianeto de hidrogênio impresso rótulo", acrescenta Frazier, sobre a relevância da descoberta.

Fonte: NBC News

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.