Varíola dos macacos: Brasil chega a 11 casos confirmados

Varíola dos macacos: Brasil chega a 11 casos confirmados

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 22 de Junho de 2022 às 10h57
furmanphoto/envato

Na última terça-feira (21), o Ministério da Saúde anunciou a confirmação de novos casos da varíola dos macacos (vírus monkeypox) no Brasil. A detecção ficou nas mãos do Laboratório Adolf Lutz, de São Paulo, por meio do método de isolamento viral. Ao todo, o país já conta com onze confirmações.

Uma vez procurada pelo Canaltech, a equipe do Ministério divulgou a seguinte nota a respeito da atualização da varíola dos macacos no Brasil:

O Ministério da Saúde informa que, até o momento, onze casos de monkeypox foram confirmados no Brasil, sendo sete no estado de São Paulo, dois no Rio de Janeiro, e dois no Rio Grande do Sul. A Pasta, por meio da Sala de Situação e CIEVS Nacional, segue em articulação direta com os estados para monitoramento dos casos e rastreamento dos contatos dos pacientes. Outros dez casos seguem em investigação nos estados do Ceará (2), Rio de Janeiro (4), Santa Catarina (1), Acre (1) e Rio Grande do Sul (2).

Vale ressaltar que os dois pacientes recentemente detectados são brasileiros (estado de São Paulo) do sexo masculino, têm entre 36 e 38 anos e viajaram recentemente para a Europa. Apesar do diagnóstico positivo para a doença, ambos apresentam quadro clínico estável, não têm complicações e estão sendo monitorados pelas Secretarias de Saúde do estado e do município.

O Ministério da Saúde ainda garante que todas as medidas de contenção e controle da doença foram adotadas imediatamente após a comunicação de que se tratava de um caso suspeito de varíola dos macacos, com o isolamento dos pacientes e rastreamento dos seus contatos.

Varíola dos macacos no Brasil

Brasil chega a 11 casos confirmados de varíola dos macacos (Imagem: twenty20photos/Envato)

No momento, o Brasil registra 11 casos confirmados, sendo sete em São Paulo, dois no Rio Grande do Sul e dois no Rio de Janeiro. Mais dez casos suspeitos permanecem em investigação. Recentemente, o primeiro brasileiro diagnosticado com a doença recebeu alta.

O paciente (Anderson Ribeiro, de 41 anos) ficou em isolamento por 14 dias no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, na cidade de São Paulo (SP). Os sintomas surgiram pouco depois do retorno de uma viagem à Europa, atual epicentro da doença. Ele passou pela Espanha e por Portugal.

Fonte: Com informações de Agência Brasil

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.