Saúde revela que duas pessoas já morreram pela variante Delta no Brasil

Saúde revela que duas pessoas já morreram pela variante Delta no Brasil

Por Natalie Rosa | Editado por Luciana Zaramela | 28 de Junho de 2021 às 12h20
IciakPhotos/Envato Elements

No último domingo (27), o Ministério da Saúde confirmou que duas pessoas já morreram no Brasil pela variante Delta da COVID-19, que se originou na Índia. O primeiro caso foi um homem de 54 anos, tripulante do navio MVS Shandong ZMI, de Hong Kong, em maio. O homem permaneceu internado por 43 dias na rede privada de saúde da cidade de São Luís, no Maranhão, com os sintomas se iniciando no dia 13 de maio.

Já o segundo caso foi revelado na semana passada, sendo a vítima uma mulher de 42 anos que estava grávida, que veio do Japão ao Brasil. A mulher começou a apresentar os sintomas no dia 15 de abril, poucos dias depois de receber a visita da filha de uma idosa de 71 anos que foi o primeiro caso da variante no estado do Paraná. O bebê nasceu prematuro, mas passa bem.

Imagem: Reprodução/Pete Linforth/Pixabay

A variante Delta do coronavírus (B.1.671.2) foi identificada pela primeira vez na Índia, sendo classificada como a cepa mais transmissível até então. De acordo com especialistas, o vírus não só é mais contagioso, como também traz sintomas mais graves, como a formação de coágulos sanguíneos e graves distúrbios gástricos, aumentando as chances de o paciente precisar de hospitalização.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Fonte: Correio Braziliense

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.