Risco de transmissão de COVID-19 em banheiro público é muito baixo, diz estudo

Risco de transmissão de COVID-19 em banheiro público é muito baixo, diz estudo

Por Renato Santino | Editado por Luciana Zaramela | 09 de Setembro de 2021 às 14h24
Reprodução/Envato

Os índices de transmissão da COVID-19 continuam um problema no mundo inteiro, mesmo em países com campanha de vacinação já avançada. No entanto, um novo estudo revela que, pelo menos, é possível usar banheiros públicos sem se preocupar tanto com o vírus.

De acordo com a pesquisa, publicada no periódico Science of Total Environment, não foram encontradas evidências de transmissão por aerossóis em banheiros públicos.

Uma das preocupações dos pesquisadores era a aerossolização produzida ao dar descarga, que poderiam ser um canal para que o vírus se espalhasse pelo ar e contaminasse mais pessoas. No entanto, o estudo concluiu que esse risco era muito pequeno.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

“Se você minimizar o seu tempo no banheiro, lavar e secar suas mãos de forma apropriada e não usar o celular, comer ou beber, o uso do banheiro público deve ser rápido”, afirma Sotiris Vardoulakis, líder do estudo e professor da Universidade Nacional Australiana.

Apesar de o risco de transmissão ser baixo, medidas básicas de higiene ainda são fundamentais (Imagem: Mblach/Envato Elements)

Desde o início da pandemia, sabe-se das implicações intestinais da COVID-19, e que o vírus pode ser detectado nas fezes, o que as torna um vetor de transmissão em potencial. No entanto, os aerossóis produzidos pela descarga vêm da própria pessoa, e não de outra — a menos que você tenha encontrado um vaso sanitário sujo e resolvido dar descarga antes de usar. Exceto nesses casos, em que o ideal é fechar a tampa do vaso, a transmissão por aerossóis da descarga é pouco provável.

O estudo faz uma distinção, no entanto, entre contaminação e transmissão. Apesar de o risco de transmissão ser baixo, superfícies podem ser contaminadas por vírus e bactérias, e requerem higienização correta.

Mesmo assim, o estudo faz várias recomendações para reduzir as chances de contaminação e transmissão em banheiros públicos. Entre elas estão portas automáticas, botões de descarga sem toque e, como já mencionado, fechar a tampa do vaso antes de descarregá-lo.

O artigo está disponível para consulta neste link.

Fonte: The Guardian

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.