Rio enfrenta surto de Influenza, mas sintomas geram confusão com covid

Rio enfrenta surto de Influenza, mas sintomas geram confusão com covid

Por Fidel Forato | Editado por Luciana Zaramela | 23 de Novembro de 2021 às 18h47
LightFieldStudios/envato

Na última semana, autoridades de saúde pública observaram um aumento de casos de gripe (influenza A) na cidade do Rio de Janeiro. Segundo a secretaria municipal de Saúde, o município enfrenta um surto da doença. Como a gripe e a covid-19 podem compartilhar alguns sintomas e a transmissão também é similar — pode acontecer através do contato de secreções das vias respiratórias de alguém que esteja contaminado —, a situação gera confusão entre as pessoas.

"Ainda não temos dados consolidados sobre quantos testes deram positivo para influenza na última semana, estamos trabalhando com amostragens. Mas menos de 3% dos casos testados nesse período apresentaram positividade para a covid-19", explicou o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, para O Globo.

A gripe e a covid-19 podem causar febre no paciente, o que dificulta diagnóstico sem exame (Imagem: Reprodução/Gundula Vogel/Pixabay)

"A principal estratégia para conter a disseminação é vacinar as pessoas para a gripe: apesar de ser menos letal do que a covid-19, merece toda a atenção, principalmente para grupos que costumam ter sintomas mais graves, como crianças de até seis anos, gestantes e idosos", lembra o secretário.

Para conter surto, Rio estimula vacinação contra a gripe

Diante do aumento de casos da influenza, a prefeitura do Rio reforça que a vacina da gripe continua disponível para a população nos postos de saúde. Atualmente, o imunizante está disponível para todos, exceto para crianças com menos de seis meses.

Segundo o Ministério da Saúde, a vacinação pode ocorrer no mesmo dia que a pessoa já tomará a segunda dose ou o reforço contra a covid-19. A medida visa facilitar a imunização contra a gripe, já que poupa a população de voltar inúmeras vezes aos postos e a medida não oferece riscos.

"Temos cerca de 400 mil doses da vacina contra a gripe nas unidades de saúde do município, o que é suficiente para vacinarmos durante um longo período. Só solicitaremos mais doses ao Ministério da Saúde se for necessário, o que ainda não aparenta ser", explica o secretário de Saúde do Rio.

De acordo com Soranz, a cobertura vacinal do grupo alvo da campanha de vacinação da gripe foi de apenas 57%. Por isso, que a vacinação continua na cidade, mesmo após o encerramento oficial da campanha em agosto. As doses estarão disponíveis, na rede pública, enquanto houver imunizantes.

"A gente nunca espera que tenha surto de gripe nessa época do ano, porque isso é uma característica dos meses de inverno, mas também era de se esperar que, quando houvesse uma baixa nos casos da covid-19, outra doença respiratória poderia ressurgir: tivemos pouquíssimos casos de Influenza nos últimos dois anos, o que indica que temos muitas pessoas suscetíveis à doença ainda", lembra Soranz.

Como se prevenir? Quais são os sintomas da covid e da gripe?

Sendo gripe ou covid-19, a forma de prevenção é a mesma. Nesses casos, o indivíduo deve:

  • Manter as mãos sempre higienizadas, com álcool em gel ou água e sabão;
  • Evitar ambientes fechados, com baixa circulação de ar;
  • Adotar distância de aglomerações, onde vírus podem ser eventualmente transmitidos;
  • Manter o uso de máscaras para evitar tanto a contaminação quanto a transmissão de possíveis agentes infecciosos;
  • Vacinar-se; exitem imunizantes seguros e eficazes, disponíveis de forma gratuita, nos postos de saúde de todo o país.

Vale lembrar que o Canaltech já compartilhou dicas para diferenciar casos suspeitos de rinite, gripe, covid-19 e virose. Por exemplo, a febre pode ser comum tanto para a gripe como para a covid-19. Em caso de dúvidas, o paciente deve sempre buscar por ajuda médica, sendo uma alternativa a considerar a telemedicina. Quando possível, o ideal é fazer um teste para a covid, já que esta é a única forma segura de descartar o quadro.

Fonte: O Globo  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.