Reino Unido é o primeiro país a aprovar pílula antiviral para tratar covid-19

Reino Unido é o primeiro país a aprovar pílula antiviral para tratar covid-19

Por Natalie Rosa | Editado por Luciana Zaramela | 04 de Novembro de 2021 às 17h02
Freepik

O Reino Unido acaba de se tornar o primeiro país a aprovar uma pílula antiviral para o tratamento da covid-19. O órgão regulatório de medicamentos britânico liberou o uso do molnupiravir, remédio oral que pode ser tomado em casa. Sajid Javid, secretário de saúde do país, disse em comunicado que é um dia histórico, sendo o tratamento um "divisor de águas" para pessoas imunossuprimidas e com a saúde frágil.

O medicamento é mais eficaz se tomado nos estágios iniciais da infecção, reduzindo pela metade o risco de morte e hospitalização. A autorização do molnupiravir, conhecido também como Lagevrio, é para pessoas com sintomas leves a moderados da covid-19 e que tenham, pelo menos, um fator de risco para o agravamento, como idade avançada, obesidade, diabetes mellitus ou doenças do coração.

Imagem: Reprodução/jcomp/Freepik

A recomendação da agência é que a pílula seja usada o mais rápido possível, a partir do momento do diagnóstico da doença e dentro dos cinco dias do início dos sintomas. O Reino Unido adquiriu 480 mil doses do medicamento antiviral, que devem ser distribuídas nas próximas semanas.

Fonte: IFLScience  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.