Recuperados da COVID-19 estão relatando perda de dentes saudáveis

Recuperados da COVID-19 estão relatando perda de dentes saudáveis

Por Natalie Rosa | 30 de Novembro de 2020 às 08h00
Jonathan Borba/Unsplash

Além dos sintomas mais sérios, que podem levar à morte, pacientes infectados pelo coronavírus desenvolvem também alguns sintomas um tanto quanto bizarros, como os "dedos de COVID" e a perda do olfato e paladar. Agora, mais uma consequência da infecção pelo vírus vem sendo relatada: a queda de dentes saudáveis.

O problema aconteceu com Farah Khemili, de 43 anos, nos Estados Unidos. A mulher relata que, ao colocar na boca uma bala de menta, percebeu que um de seus dentes superiores estava balançando, como se estivesse mole — e de fato estava. No dia seguinte, o dente caiu em sua mão, sem que sentisse qualquer dor ou que sangrasse.

Imagem: Reprodução/Asierromero/Freepik

Inicialmente, ela acreditou ser culpa da bala, mas descobriu que outras pessoas passaram pelo mesmo problema ao serem contaminadas com a COVID-19, além de outros sintomas relacionados aos dentes, como o escurecimento com uma cor acinzentada, dentes lascados ou ainda com sensibilidade. Os relatos foram compartilhados em um grupo de sobreviventes da doença no qual Khemili entrou, mas até o momento ainda não existe nenhum estudo sobre o sintoma.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Esses pacientes também já relataram sintomas como queda de cabelo e dedos inchados, que poderiam ser consequências de problemas no sistema circulatório, e que isso deve estar relacionado ao enfraquecimento dos dentes. De acordo com o periodontista David Okano, da Universidade de Utah em Salt Lake City, nos Estados Unidos, é extremamente raro que os dentes simplesmente caiam. No entanto, problemas dentários já existentes podem ser agravados pela COVID-19, principalmente se os pacientes se recuperaram de graves infecções.

Imagem: Reprodução/Succo/Pixabay

No caso de Khemili, ela diz que já tinha o histórico de problemas dentários antes de contrair o SARS-CoV-2. Quando ela foi ao dentista, logo após o dente cair, não foi encontrada qualquer infecção na gengiva, mas descobriu que houve uma perda óssea significativa devido ao vício em cigarros. Em outro caso, no entanto, ocorrido com uma criança de 12 anos que tinha os dentes saudáveis, não havia histórico de algo que possa ter prejudicado a dentição. A queda do dente aconteceu após um caso leve de COVID-19.

Nos EUA, a comunidade médica já está ciente do sintoma e vai começar a analisar o que vem acontecendo com esses pacientes logo depois de estarem recuperados da infecção pelo coronavírus.

Fonte: The New York Times

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.