Publicidade

Quando a tosse é considerada preocupante?

Por| Editado por Luciana Zaramela | 17 de Agosto de 2022 às 19h40

Link copiado!

Annie Spratt/Unsplash
Annie Spratt/Unsplash

Geralmente, não há necessidade de consultar um médico de família se você tiver tosse. Nesse caso, o recomendado é descansar, beber bastante líquido e ficar em casa se possível, evitando o contato com outras pessoas se estiver com temperatura alta ou não se sentir bem. Mas quando a tosse deve ser encarada com preocupação? Quando procurar um especialista?

Se você teve uma tosse persistente (ou seja, que já dura por mais de 3 semanas), é sinal de que há algo errado. Vale consultar um médico. Se notar que o ritmo aumento rapidamente e é incessante, também pode indicar a necessidade de buscar o atendimento de um especialista.

Você também não pode ignorar se, além da tosse, estiver sentindo dor no peito. Se o lado do pescoço está inchado e dolorido (ou seja, se as glândulas estiverem inchadas), também significa que é hora de procurar ajuda. Isso se aplica, também, se você estiver com dificuldade para respirar.

Continua após a publicidade

Existem alguns casos especiais em que se precisa buscar um médico. Por exemplo: se você estiver com o sistema imunológico enfraquecido por causa de quimioterapia ou diabetes, qualquer tosse já é sinal suficiente para realizar uma consulta. De qualquer forma, se você estiver tossindo sangue, a recomendação é que você busque um médico com urgência!

O que causa a tosse?

Na prática, a tosse é um mecanismo de proteção dos pulmões. A função é eliminar o muco (catarro) formado normalmente nesses órgãos. O que acontece é que, junto à secreção, corpos estranhos e agentes patógenos são colocados para fora das vias aéreas, protegendo o sistema respiratório de diversas doenças. É por isso que não se deve segurar a tosse. Se sentir vontade de tossir, deve fazer isso!

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

A maioria das tosses é causada por um resfriado ou gripe, mas outras causas incluem tabagismo, azia (refluxo ácido), alergias, infecções como bronquite ou até muco escorrendo pela garganta, da parte de trás do nariz. Vale ressaltar que a tosse raramente é um sinal de algo sério, como câncer de pulmão. No entanto, não é seguro descartar as hipóteses sem consultar um médico antes.

Fonte: NHS, Mayo Clinic