Primeiro robô que faz exame de COVID com swab é lançado na China

Primeiro robô que faz exame de COVID com swab é lançado na China

Por Fidel Forato | Editado por Luciana Zaramela | 06 de Setembro de 2021 às 13h40
Biasciolialessandro/Envato Elements

Durante a Feira Internacional de Comércio de Serviços da China 2021, um novo robô chamou a atenção por ser um potencial aliado na luta contra a COVID-19. Desenvolvido pela Hangzhou Huxi Yunbaisheng Technology Co Ltd e pelo Shenzhen Luohu Hospital Group, o invento é capaz de fazer um exame RT-PCR para detectar a presença (ou não) do coronavírus SARS-CoV-2 na nasofaringe dos pacientes suspeitos através de um braço robótico com um swab (cotonete).

Para funcionar de forma segura, o robô que realiza o teste considerado padrão-ouro para a COVID-19 conta com Inteligência Artificial (IA). Além disso, o braço robótico tem sensores para o controle de força e navegação automática para evitar acidentes na coleta da amostra do paciente.

Isso porque a área da nasofaringe é bastante delicada e relatos de acidentes com este exame já foram divulgados. Nos Estados Unidos, o swab ultrapassou o local desejado e vazou um líquido que é, normalmente, encontrado em volta do córtex cerebral e da medula espinhal — o líquido cefalorraquidiano, ou líquor.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Exame padrão-ouro da COVID-19 pode ser feito por robô chinês (Imagem: Reprodução/Vesna Harni/Pixabay)

Como o robô do swab trabalha para detectar a COVID-19?

De acordo com os desenvolvedores, o robô pode fazer todo o processo de coleta de forma automatizada. Em outras palavras, a máquina pega o cotonete e, através de um sistema de reconhecimento facial e de reconhecimento da narina, coleta a amostra da nasofaringe. Em seguida, ela guarda a amostra que será analisada.

De acordo com Liu Fangde, CEO da Hangzhou Huxi Yunbaisheng Technology Co Ltd, este robô pode padronizar a coleta de amostras, reduzir os custos de amostragem e diminuir a demanda por mão-de-obra de profissionais da área de saúde. Além disso, pode reduzir o risco de alta exposição dos trabalhadores, afinal, o manuseio será feito exclusivamente pelo robô.

A seguir, confira demonstração do novo robô contra a COVID-19:

Fonte: Global Times e Finance  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.