Pfizer avança para testes de grandes escala de pílula antiviral contra covid-19

Pfizer avança para testes de grandes escala de pílula antiviral contra covid-19

Por Renato Santino | Editado por Luciana Zaramela | 27 de Setembro de 2021 às 18h50
yanalya/Freepik

A Pfizer anunciou nesta segunda-feira (27) que prosseguirá com testes de maior escala de seu remédio antiviral oral, cujo intuito é a prevenção da covid-19 entre pessoas que foram expostas ao vírus.

“Acreditamos que combater o vírus vai requerer tratamentos efetivos para pessoas que contraírem ou foram expostas a ele, complementando o impacto que as vacinas já têm mostrado”, declarou Mikael Dolsten, diretor científico da companhia.

Expectativa é cortar a replicação do vírus na fase inicial da infecção e prevenir o agravamento da doença (Imagem: Fusion Medical Animation/Unsplash)

O medicamento da Pfizer será testado com 2.660 adultos, que iniciarão o tratamento imediatamente após tomarem conhecimento da exposição ao vírus. Os voluntários tomarão o medicamento ou o placebo duas vezes ao dia por um período de dez dias. O objetivo é analisar se após duas semanas há algum impacto significativo na infecção e na manifestação dos sintomas.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O fármaco em questão se chama PF-07321332, e ele será ministrado em conjunto com o antiviral ritonavir, originalmente utilizado no combate ao HIV.

A expectativa dos pesquisadores é que o coquetel consiga atuar na inibição da protease. O mecanismo já se mostrou eficaz em dificultar a replicação viral em testes em laboratório; resta saber se funciona tão bem assim em seres humanos.

Fonte: AFP

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.