Pacientes internados com COVID estão apresentando falência dos rins, diz estudo

Pacientes internados com COVID estão apresentando falência dos rins, diz estudo

Por Natalie Rosa | 21 de Maio de 2020 às 15h39
Pixabay

A COVID-19, em suas manifestações mais graves já conhecidas, prejudica o pulmão, causando uma pneumonia severa que exige internação e intubação, causando ainda danos secundários ao coração e ao intestino. Agora, segundo descoberta de uma pesquisa realizada pelo sistema de saúde Northwell Health, a doença pode também ser prejudicial aos rins.

Kenar Jhaveri, coautor do estudo, revelou que 36,6% de 5,449 pacientes admitidos em hospitais de Nova York com a COVID-19 apresentaram lesão renal aguda, o que pode causar a falência dos rins, o que impede o órgão de fazer o trabalho de filtragem. Também foram relacionadas à doença outras condições, como deficiência de vitaminas e pontos de coágulo sanguíneo.

Segundo Jhaveri, 14,3% dos pacientes estudados necessitavam de diálise, um tratamento que envolve a remoção do excesso de água e toxinas do sangue, uma vez que os rins prejudicados já não conseguem mais cumprir com seu trabalho. Os dados do estudo revelam ainda que 37,3% dos pacientes com insuficiência renal tiveram seus órgãos danificados em apenas 24 horas após a internação.

Imagem: Reprodução

Foi identificada também associação da necessidade do uso de ventiladores respiratórios com a insuficiência renal. Segundo o estudo, 90% dos 1.000 pacientes intubados desenvolveram eses problemas em sua forma mais grave.

Os pesquisadores deixam claro, no entanto, que a COVID-19 se trata de uma doença muito nova e que várias descobertas estão sendo feitas com o passar do tempo, sendo necessário ainda muito estudo para tirar conclusões definitivas. Jhaveri cita também que a falência dos rins costuma ser um dano comum em pacientes seriamente doentes: "Não é específico da COVID-19. É mais relacionado a quão doente você está", completa, alertando para os danos que o novo coronavírus causa ao organismo.

Fonte: Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.