MSD pede autorização de uso de antiviral que reduz internações por covid em 50%

MSD pede autorização de uso de antiviral que reduz internações por covid em 50%

Por Renato Santino | Editado por Luciana Zaramela | 11 de Outubro de 2021 às 17h02
Divulgação/Merck

A MSD decidiu seguir adiante com o pedido de autorização de uso do seu medicamento antiviral, o molnupiravir, contra covid-19. A empresa anunciou nesta segunda-feira (9) que formalizou a solicitação à Agência de Alimentos e Medicamentos (FDA) dos Estados Unidos.

A empresa optou por buscar a aprovação do remédio após observar resultados positivos em uma análise interina dos dados obtidos com a fase 3 de testes. Os pesquisadores interromperam o recrutamento após notarem que o grupo que recebeu o antiviral tinha risco de internação e morte reduzido em 50% em comparação com os participantes que tomaram um placebo.

O estudo monitorou 762 participantes divididos aleatoriamente em dois grupos. Entre os que receberam o medicamento, apenas 28 (7,3%) precisaram de hospitalização. Já no grupo placebo, esse número foi de 53 (14,1%). Além disso, não houve nenhuma morte entre os medicados, contra 8 óbitos entre quem recebeu o placebo.

A empresa também não observou efeitos colaterais significativos no uso do medicamento, e nota que houve mais desistências entre os participantes que receberam placebo.

O molnupiravir seria o primeiro medicamento aprovado para uso na fase inicial da infecção, logo aos primeiros sintomas. O fato de ser tomado por via oral também é um ponto favorável; o remdesivir, por exemplo, que é outro medicamento antiviral, tem aplicação intravenosa, o que limita sua utilização ao ambiente hospitalar.

A MSD espera fornecer o molnupiravir para o mundo todo, mas até o momento não fala em preços para o remédio, embora anuncie um compromisso de ajustar os valores de acordo com a realidade econômica de cada país. A empresa diz que pode produzir o suficiente para 10 milhões de tratamentos até o fim do ano.

Fonte: MSD

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.