Infectologista chefe de contingenciamento em SP testa positivo para COVID-19

Por Fidel Forato | 23 de Março de 2020 às 20h00
Estado de São Paulo

Diante da epidemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2) no Brasil, é o estado de São Paulo que apresenta o maior número de casos. Até o momento, 30 pacientes diagnosticados com a COVID-19 já foram a óbito e o estado também registra 745 casos confirmados — incluindo o médico infectologista David Uip, de 67 anos, que é coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus do governo de São Paulo.

Infectologista Davi Uip, membro da equipe do governador Dória, testa positivo para o novo coronavírus (Foto: Reprodução/ Estado de São Paulo)Caption

Hoje (23) o profissional da saúde testou positivo para o novo coronavírus. A partir do resultado clínico, Uip ficará, pelos próximos 14 dias, em isolamento, dentro de casa. "Acabo de saber que meu exame deu positivo. Estou bem, febre baixa, tosse e repouso. Ficarei em quarentena por 14 dias. Espero voltar rápido as minhas atividades. Agradeço a solidariedade. Obrigado", afirma o coordernador.

Em comunicado via Twitter, o governador do estado de São Paulo João Dória comentou a situação: "Informo que o resultado do exame do Dr Davi Uip, Coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus, deu positivo para COVID-19. Ele está isolado, passa bem e permanecerá em sua residência. Há pouco me submeti ao teste e, assim que obtiver o resultado, divulgarei".

Diagnóstico

De acordo com a secretaria estadual de Saúde de São Paulo para o G1, David Uip acordou com sintomas de febre e tosse, hoje (23). Por conta do cargo que ocupa no Centro de Contingência do Coronavírus, Uip realizou os exames no Hospital Sírio-Libanês, no bairro da Bela Vista, em São Paulo.

"Estou muito bem. Sinto ainda um pouquinho de febre, de vez em quando tusso um pouquinho. Pode ser o coronavírus, ou qualquer outro. Por precaução, em cima daquilo que estamos falando, eu estou isolado. E se o exame for positivo, eu manterei a quarentena como qualquer outra pessoa. Se for negativo e eu estiver bem, voltaremos ao nosso trabalho. Mas estou muito bem, obrigado. Agradeço o carinho e a preocupação de todos", comunica Uip.

O médico infectologista David Everson Uip é ex-diretor-executivo do Instituto do Coração (Incor) de São Paulo da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e diretor do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, desde fevereiro de 2009.

Fonte: Estado de São Paulo e G1

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.