Grupo usa IA para tentar prever tentativas silenciosas de suicídio

Por Wagner Wakka | 18 de Junho de 2018 às 14h50
Techxiler

Um das belezas da tecnologia é que ela pode ajudar a resolver sérios problemas da sociedade. É nisso que se baseia o Crisis Text Line, uma iniciativa que usa inteligência artificial em texto para tentar ajudar pessoas a abandonar ímpetos suicidas.

O grupo já trabalha com uma linha de conversa para que usuários entrem em contato, caso estejam com quadros depressivos. Os cientistas de dados do grupo acreditam que podem usar machine learning para identificar padrões de mensagem ou emojis para perceber quando uma pessoa está mais propensa ao suicídio.

Para isso, o grupo já coletou mais de 30 milhões de textos em uma base de dados para alimentar esta inteligência artificial. Assim, eles conseguiram fazer um mapeamento do problema nos Estados Unidos, onde atuam. Eles descobriram, por exemplo, que 42,2% dos casos de ligações são por conta de problemas ou término de relacionamento, contra 32,9% sobre depressão e tristeza.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Outros dados mostram que segunda-feira e quarta-feira são os principais dias com mais ligações e que há um aumento considerável de procura durante á noite, por volta de 10 horas, quando 17% das ligações acontecem.

Contudo, o que é mais importante para os médicos é tentar prever quando uma pessoa que, embora se mostre relativamente bem, sem um alto nível aparente de tristeza, possa ser identificada como potencial suicida. Isso porque, de acordo com pesquisas do próprio Crisis Text Line, 54% dos suicídios acontecem com pessoas que não aparentam problemas de saúde mental. Ou seja, a proposta do grupo é poder reconhecer padrões exatamente para identificar este silencioso perigo.

Vale lembrar que, no Brasil, o Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio por telefone, no número 188, e-mail e chat no site oficial.

A pesquisa completa do Crisis Text Line está disponível no site do grupo.

Fonte: Vox

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.