COVID-19 | Infecção reduz rapidamente o nível de anticorpos no organismo

Por Natalie Rosa | 27 de Outubro de 2020 às 14h45
fernando zhiminaicela/Pixabay

Após a infecção por alguma doença, o organismo desenvolve anticorpos que lutam para evitar que o vírus, novamente, afete as células de um indivíduo. Porém, quando o assunto é o coronavírus, ainda existem muitas dúvidas a serem solucionadas.

De acordo com pesquisadores do Imperial College, em Londres, o número de pessoas que apresentaram resultado positivo para anticorpos reduziu em 26% entre os meses de julho e setembro, e isso significa que a imunidade está diminuindo e que existe o risco de uma mesma pessoa contrair o vírus várias vezes. O estudo foi realizado no Reino Unido, onde o número de mortes pela COVID-19 aumentaram em 60% na semana de 16 de outubro.

Imagem: Reprodução/outsideclick/Pixabay

Mais de 350 mil pessoas fizeram o teste de anticorpos na Inglaterra como parte de um estudo chamado REACT-2. Na primeira rodada de testes, que aconteceu entre o fim de junho e começo de julho, cerca de 60 pessoas a cada mil contavam com anticorpos detectáveis, enquanto na última rodada, feita em setembro, somente 44 de mil tiveram resultado positivo. Sendo assim, a quantidade de pessoas com anticorpos foi reduzida em mais de um quarto em três meses.

O estudo mostra ainda que a queda foi maior em pessoas com mais de 65 anos e em pessoas que foram assintomáticas. Já o número de indivíduos que trabalham na área da saúde e que tiveram os anticorpos testados foi relativamente maior, o que pode ter acontecido devido à exposição frequente ao coronavírus.

Apesar do resultado da pesquisa, ainda é incerto o que essa queda de anticorpos significa para o sistema imunológico, mas os pesquisadores alertam que a existência deles no organismo tende a ser um bom sinal de quem está protegido ou não. A esperança é que a segunda infecção, caso ocorra, seja mais amena que a primeira, uma vez que o corpo deve contar com uma memória imunológica, sabendo como lutar contra o vírus.

Fonte: BBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.