Conheça a nova máscara high-tech criada por designer de traje espacial da SpaceX

Conheça a nova máscara high-tech criada por designer de traje espacial da SpaceX

Por Nathan Vieira | Editado por Patrícia Gnipper | 07 de Abril de 2021 às 16h20
Divulgação/Xupermask

No contexto atual de pandemia, sair na rua usando uma máscara é imprescindível. Mas e se a sua máscara fosse tecnológica e inteligente, digna de filmes de ficção científica? É justamente essa a proposta da Xupermask, que possui LEDs, sistemas de filtragem e, veja só: até bluetooth, cancelamento de ruído e microfone.

Por trás da novidade está o artista Will.i.am, do grupo musical Black Eyed Peas, que também é empresário e fundador da i.am +, uma empresa de tecnologia com sede em Los Angeles. Ao lado dele, também está um designer famoso por sua atuação em Hollywood, bem como pela criação dos modernos e futuristas trajes espaciais da SpaceX de Elon Musk.

A máscara é feita com silicone grau médico e uma tira elástica ajustável, contando, ainda, com um sistema de encaixe de fone de ouvido magnético e uma bateria de sete horas. A essa atura, você deve estar se perguntando quanto custa a Xupermask. Disponível nos EUA, Canadá, Reino Unido e toda a Europa, o item custa US$ 299 (aproximadamente R$ 1.680, em conversão direta).

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O wearable foi projetado por ninguém menos que Jose Fernandez, responsável por projetar roupas utilizadas em Batman v Superman, Oblivion, Tron: Legacy, The Avengers, Iron Man e muitos outros grandes títulos de Hollywood. Fernandez também é responsável pelo design do traje espacial da SpaceX.

“Durante a pandemia, as pessoas simplesmente não queriam usar uma máscara normal, colocavam lenços ou bandanas no rosto. Mas aqui temos uma máscara robusta que anda de mãos dadas com a mentalidade do design de um tênis, por exemplo", disse Will.i.am ao The New York Times. “Estamos vivendo em tempos de ficção científica. Eu queria fazer uma máscara apropriada à era em que estamos", acrescentou.

Will.i.am teve a ideia em março passado, em meio à necessidade de viajar dos EUA para o Reino Unido e vice versa. O empresário acredita que as máscaras vieram para ficar, da mesma forma que as pessoas em muitas partes da Ásia ainda usavam máscaras após a epidemia de SARS em 2003.

Fonte: The New York Times via Futurism

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.