Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Como detectar a falta de ferro no organismo

Por| Editado por Luciana Zaramela | 25 de Janeiro de 2023 às 17h30

Link copiado!

tycoon101/envato
tycoon101/envato

A anemia por deficiência de ferro é considerada um grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo. É importante, portanto, ter consciência dos sinais que indicam essa condição. Estima-se que esse tipo de anemia (denominada ferropriva) é muito mais comum que as demais, representando cerca de 90%.

Isso porque, conforme aponta a Organização Mundial da Saúde (OMS), o ferro é um nutriente essencial para a vida e atua principalmente na fabricação das células vermelhas do sangue e no transporte do oxigênio para todas as células do corpo.

O Ministério da Saúde aponta que é necessário fazer exames laboratoriais de sangue para que seja confirmado o diagnóstico de anemia ferropriva. Os principais sinais e sintomas são:

Continua após a publicidade
  • Cansaço generalizado
  • Falta de apetite
  • Palidez de pele e mucosas (parte interna do olho, gengivas)
  • Menor disposição para o trabalho
  • Dificuldade de aprendizagem nas crianças
  • Apatia

Os especialistas reiteram que a anemia ferropriva traz vários efeitos adversos ou consequências para a saúde, como:

  • Diminuição da produtividade no trabalho
  • Diminuição da capacidade de aprendizado
  • Retardamento do crescimento
  • Apatia (morbidez)
  • Perda significativa de habilidade cognitiva
  • Baixo peso ao nascer
  • Mortalidade perinatal
Continua após a publicidade

Além disso, esse tipo de anemia pode ser a causa primária de uma entre cinco mortes de parturientes ou estar associada a até 50% das mortes.

Mas então, como conseguir ferro para o organismo? Isso é possível através de alimentos de origem animal e vegetal. " São melhores fontes de ferro as carnes vermelhas, principalmente fígado de qualquer animal e outras vísceras (miúdos), como rim e coração; carnes de aves e de peixes, mariscos crus", afirma o Ministério da Saúde.

Entre os alimentos de origem vegetal, destacam-se como fonte de ferro os folhosos verde-escuros (exceto espinafre), como agrião, couve, cheiro-verde, taioba; as leguminosas (feijões, fava, grão-de-bico, ervilha, lentilha); grãos integrais ou enriquecidos; nozes e castanhas, melado de cana, rapadura, açúcar mascavo. Também existem disponíveis no mercado alimentos enriquecidos com ferro como farinhas de trigo e milho, cereais matinais, entre outros.

Fonte: La Nacion, Ministério da Saúde