Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Cientistas tratam fígado fora do corpo por 3 dias e o transplantam em paciente

Por| Editado por Luciana Zaramela | 02 de Junho de 2022 às 08h30

Link copiado!

LightFieldStudios/envato
LightFieldStudios/envato

Médicos da University of Zurich (Suíça) conseguiram preservar um fígado fora do corpo humano por três dias e depois transplantar em um paciente. O feito inusitado foi descrito em artigo científico publicado na revista Nature Biotechnology.

O fígado em questão pertencia a uma mulher de 29 anos, mas apresentava uma lesão, então precisou passar por um tratamento de, no mínimo, 24 horas (o dobro do tempo que um órgão pode permanecer fora do corpo humano e sem a conservação normalmente utilizada para que sejam feitos os transplantes).

Com essa questão em mãos, os médicos recorreram a uma técnica chamada perfusão normotérmica ex situ, e supriram o órgão com sangue, imitando a pressão e temperatura corporal de um organismo vivo. O equipamento ajudou até mesmo a imitar o ritmo de uma respiração humana e a monitorar a produção de bile (substância essencial para a absorção de vitaminas).

Continua após a publicidade

A equipe ainda preparou o fígado na máquina com vários medicamentos, tornando-o apto para transplante, embora originalmente não tenha sido aprovado por conta de sua má qualidade. Os médicos ofereceram o fígado a um paciente de de 62 anos com câncer que estava na lista de espera de transplantes, e após seu consentimento, o órgão foi transplantado.

O homem conseguiu deixar o hospital alguns dias após o transplante e agora está bem. "O paciente recuperou rapidamente uma qualidade de vida normal sem quaisquer sinais de dano hepático, como rejeição ou lesão dos ductos biliares, de acordo com um acompanhamento de um ano", conforme aponta o estudo.

"Estou muito grato. Devido ao meu tumor em rápida progressão, eu tinha poucas chances de conseguir um fígado da lista de espera dentro de um período de tempo razoável", declarou o paciente que recebeu o transplante de fígado.

Fonte: Nature Biotechnology via Science Daily