Brasileiros estão ficando mais míopes na pandemia; qual seria o motivo?

Brasileiros estão ficando mais míopes na pandemia; qual seria o motivo?

Por Natalie Rosa | Editado por Luciana Zaramela | 02 de Agosto de 2021 às 14h30
Freepik

Entre as consequências que chegaram com a pandemia, que teve início há mais de um ano, está o aumento do quadro de miopia, de acordo com uma pesquisa recente. O levantamento, feito pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) entre abril e junho deste ano, contou com dados de 295 médicos oftalmologistas do Brasil.

De acordo com o estudo, 6% dos médicos que relataram o aumento da miopia afirmam que aconteceu com 75% dos pacientes, 27% dizem ter acontecido com 50% deles, e 67% disseram ter ocorrido em 25% dos pacientes. Além disso, 75,6% dos oftalmologistas disseram que o agravamento pode ter ocorrido pelo uso de diversos dispositivos eletrônicos.

Cerca de 22% dos médicos relataram, no entanto, que apenas o uso de tablets e celulares pode ter influenciado para o aumento do grau, enquanto um porcentual pequeno diz não ter relatado qualquer relação. Para 98,6% dos oftalmologistas do estudo, a redução do uso de celulares, videogames e televisão pode ajudar a reduzir a miopia em crianças.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Reprodução/cookie_studio/Freepik

Ainda em relação à miopia e as crianças, seis a cada 10 defendem as recomendações da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) sobre a questão. De acordo com o grupo médico, crianças de dois anos devem evitar a exposição às telas, enquanto crianças entre dois e cinco anos devem ter limite de uma hora com supervisão. Já para aquelas com seis a 10 anos de idade, o tempo deve ser menor que duas horas.

Para 43,2% dos médicos entrevistados, a recomendação é de que as crianças tenham, pelo menos, duas horas de atividades externas, enquanto para 31% o ideal é pelo menos uma hora diária. Para 10%, quatro horas por dia seria a melhor opção.

Atualmente, de acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), 59 milhões de pessoas sofrem de miopia, e 2,6 bilhões no mundo todo. A condição provoca o embaçamento da visão devido a um erro de refração, ou seja, quando a imagem se forma antes da retina.

Fonte: Agência Brasil

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.