Brasil registra mais de 45 mil novos casos da COVID-19 e chega a 1,66 milhão

Por Fidel Forato | 07 de Julho de 2020 às 18h55
Thomas de Luze/Unsplash

Reunindo as informações compartilhadas pelas secretarias de saúde dos estados, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) atualiza a situação do Brasil no combate ao novo coronavírus (SARS-CoV-2) nesta terça-feira (7). Atualmente, 1.668.589 casos da COVID-19 já foram notificados no país, sendo que 45.305 deles foram incluídos nas últimas 24h. Entre eles, está o presidente da república, Jair Messias Bolsonaro, que teve o seu diagnóstico para a doença confirmado hoje.

No total, são 66.741 óbitos acumulados em decorrência da infecção respiratória, sendo 1.254 novos registros adicionados nas últimas 24h. No entanto, isso não significa que as mortes aconteceram, literalmente, de ontem para hoje. Com isso, a taxa de letalidade da doença no Brasil é de 4%.

Já a taxa de mortalidade no país é de 31,8 para cada 100 mil habitantes, enquanto a de incidência da infecção respiratória é de 794 para cada 100 mil pessoas. Por outro lado, 927.292 pacientes (cerca de 55,5%) já tinham se recuperado da COVID-19 até ontem (6), segundo informa o Ministério da Saúde.

Em 24h, Brasil registra mais de 45 mil casos da COVID-19 e 1.254 óbitos (Imagem: reprodução/ Conass)

No globo, o Brasil é a segunda maior nação em número de casos totais da COVID-19 e em óbitos pela doença respiratória. Nas duas posições, está atrás apenas dos Estados Unidos, com três milhões de casos confirmados e 133 mil mortes, segundo os dados divulgados pela plataforma Worldometer. Em terceiro lugar, está a Índia, com 743 mil casos e 20,6 mil mortos, seguida pela Rússia, com 694 mil casos e 10,4 mil mortes.

Mundialmente, mais de 11,8 milhões de pessoas já foram contaminadas, sendo que 544 mil morreram em decorrência da infecção. Entretanto, 6,8 milhões sobreviveram a essa doença. Em porcentagem, isso representa mais da metade dos contaminados, segundo a mesma plataforma.

Onde está a COVID-19?

No total, quatro estados brasileiros ultrapassaram a marca dos 115 mil casos da nova doença respiratória. Liderando, São Paulo registra os maiores números totais desde a chegada do coronavírus em fevereiro. São 332.708 casos da COVID-19 e 16.475 mortes acumuladas. Em seguida, o estado do Ceará notifica 124.952 contaminados pelo coronavírus, sendo 6.556 mortos. O Rio de Janeiro conta com 124.086 casos e 10.881 óbitos, enquanto o Pará registra 116.152 casos e 5.128 mortos.

Além desses, seis outros estados ou distritos registram mais de 60 mil casos confirmados do novo coronavírus, cada. São eles: Maranhão (92.088 casos e 2.286 mortes); Bahia (91.954 casos e 2.216 mortes); Amazonas (79.167 casos e 2.952 mortes); Pernambuco (66.151 casos e 5.234 mortes); Distrito Federal (62.694 casos e 797 mortes); e Minas Gerais (60.897 casos e 1.282 mortes).

Atualmente, todos os estados brasileiros registram pelo menos 10 mil casos da nova infecção respiratória, incluindo o Mato Grosso do Sul, o último estado a atingir essa marca. Lá, são 10.687 casos e 128 mortes.

Confira na tabela, a seguir, a lista completa do Conass incluindo casos e óbitos da COVID-19 entre os estados do país:

No Brasil, 10 estados já registram mais de 60 mil casos do novo coronavírus (Imagem: reprodução/ Conass)

Sobre a situação do Brasil no combate ao novo coronavírus, o Ministério da Saúde também divulga, via plataforma SUS Analítico, atualizações diárias, incluindo gráficos com evolução do número de casos, de recuperados e de óbitos acumulados pela doença respiratória. Para acessar, clique aqui.

Fonte: ConassAgência Brasil e Ministério da Saúde

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.