Bactéria rara e mortal aparece nos EUA e especialistas temem surto de doença

Bactéria rara e mortal aparece nos EUA e especialistas temem surto de doença

Por Natalie Rosa | Editado por Luciana Zaramela | 05 de Julho de 2021 às 17h25
Gerd Altmann / Pixabay

Uma infecção bacteriana rara, mas mortal, está sendo investigada nos Estados Unidos pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças, o CDC. A infecção, chamada de melioidose, é provocada pela bactéria Burkholderia pseudomallei, e três casos estão sendo investigados nos estados do Kansas, Minnesota e Texas.

Dois dos pacientes diagnosticados com a infecção eram adultos, um homem e uma mulher, e o terceiro ainda era criança. O primeiro caso, do homem, foi descoberto em março deste ano e foi fatal. Os restantes aconteceram em maio, sem mortes. Uma pessoa ainda está hospitalizada e a outra foi transferida para uma unidade de cuidados provisórios para receber melhor tratamento.

Nenhum dos pacientes infectados pela Burkholderia pseudomallei contam com histórico de viagens para fora do país norte-americano, como já aconteceu em casos anteriores, e os cientistas acreditam que eles contraíram a doença a partir da mesma origem, que seria um produto de origem animal, provavelmente importado.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Reprodução/claudioventrella/Envato

A bactéria costuma ser encontrada em regiões de climas tropicais, como no norte da Austrália e no sudeste da Ásia. A contaminação é rara, mas pode acontecer quando há contato direto com o solo, água ou alimentos contaminados, e o tratamento consiste na ingestão de antibióticos durante um período de duas a oito semanas. 

Sintomas

Os três pacientes com melioidose, segundo o CDC, relataram sintomas como tosse, falta de ar, fraqueza, fadiga, náusea, vômito, febre intermitente, erupção cutânea no tronco, abdômen e no rosto. Também podem ocorrer outros sintomas, como dor localizada, ulceração, dor no peito, dores de cabeça, anorexia, desconforto abdominal, dores nas articulações, perda de peso, convulsões, entre outros. A melioidose tem letalidade que varia de 10% a 50% e afeta mais agressivamente pessoas com doença pulmonar crônica, doença renal, diabetes ou alcoólatras.

Os infectologistas estão recomendando à população dos Estados Unidos que, caso haja algum sintoma, procurem atendimento médico o quanto antes. A gravidade e a origem da bactéria no país estão sendo investigadas.

Fonte: IFL Science, Futurism, CDC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.