Huawei celebra crescimento financeiro em 2019 apesar de embargo americano

Por Felipe Junqueira | 31 de Março de 2020 às 13h40
Tudo sobre

Huawei

Saiba tudo sobre Huawei

Ver mais

A Huawei divulgou, nesta terça-feira, 31, o balanço financeiro oficial de 2019 com crescimento nas receitas e bons resultados em todas as áreas de atuação da companhia. Houve aumento nas receitas tanto na área de redes, quanto nos setores corporativo e de consumíveis. No total, comparando com 2018, a empresa somou 22,4% mais dinheiro em caixa, com 19,1% de aumento nas vendas.

“2019 foi um ano extraordinário para a Huawei”, disse o presidente rotativo da companhia, Eric Xu. “Apesar da enorme pressão externa, nossa equipe avançou com foco em criar valor para nossos consumidores. Trabalhamos muito para ganhar o respeito e confiança dos consumidores e de nossos parceiros. Os negócios continuam sólidos”, celebrou.

A empresa conseguiu apresentar bons resultados apesar do embargo imposto pelos Estados Unidos a partir de maio do ano passado. Segundo dados da Strategy Analytics, no entanto, as vendas caíram a partir de novembro.

No total, a empresa chinesa somou CNY 858,8 bilhões (equivalente a R$ 630,5 bilhões) em vendas, aumento de 19% em relação ao ano anterior. O lucro líquido ficou em CNY 62,7 bilhões (R$ 46 bilhões), enquanto o fluxo de caixa alcançou CNY 91,4 bilhões (R$ 67 bllhões).

A companhia ainda informou que investiu 15,3% de sua receita de volta em Pesquisa & Desenvolvimento, somando CNY 131,7 bilhões (R$ 96,7 bilhões) no setor. De acordo com a própria empresa, na última década a soma investida em P&D chega a CNY 600 bilhões (R$ 440,5 bilhões).

Receitas por áreas

Huawei apresentou linha P40 na semana passada (Foto: Reprodução)

Apenas o setor de redes, que já está presente em mais de 50 países ao redor do mundo, somou CNY 296,7 bilhões (R$ 217,8 bilhões), aumento de 3,8% em relação ao ano de 2018. Foi a área que menos cresceu na empresa nesta comparação ano a ano.

Já o corporativo somou CNY 89,7 bilhões (R$ 65,8 bilhões), incremento de 8,6% em relação a 2018. A empresa destacou que 228 da Fortune 500 da Forbes fazem negócios com a Huawei.

E a área que mais cresceu foi a de consumíveis, que inclui produtos como celulares, relógios e fones de ouvido. A companhia celebrou o total de 240 milhões de smartphones embarcados globalmente — número que talvez fosse maior, se não fosse o embargo americano. Financeiramente, a companhia somou CNY 467,3 bilhões (R$ 343,1 bilhões), aumento de 34% em relação a 2018.

Fonte: Huawei

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.