Twitter pode ser multado em US$ 250 milhões por abuso de dados dos usuários

Por Ramon de Souza | 03 de Agosto de 2020 às 22h00
Tudo sobre

Twitter

Saiba tudo sobre Twitter

Ver mais

O Twitter confessou que, possivelmente, será multado em até US$ 250 milhões pela Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC, no original em inglês) por ter desrespeitado um acordo firmado em 2011 com a agência regulatória. O pacto garantia que a rede social não poderia mais enganar seus utilizadores a respeito de como e para quê seus dados pessoais seriam utilizados pela companhia.

A própria plataforma afirma ter quebrado essa promessa ao utilizar, entre 2013 e 2019, o número de telefone e o endereço de email de seus usuários para disparo de publicidade direcionada — a informação cedida aos internautas, porém, era a de que tais informações cadastrais seriam empregadas apenas “para propósitos de segurança e de proteção”. A prática, naturalmente, aborreceu a FTC.

Tal revelação consta no último formulário Q-10 (relatório financeiro trimestral exigido pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos para todas as empresas de capital aberto) preenchido pela companhia. O Twitter comenta ainda que a FTC já lhe enviou um rascunho da queixa no dia 28 de julho, e estimativas da própria rede social apontam que o valor da multa deve ficar entre US$ 150 milhões e US$ 250 milhões.

Curiosamente, a companhia reservou apenas otimistas US$ 150 milhões para pagamento da multa. “O assunto permanece por resolver e não há garantias quanto ao prazo ou aos termos de qualquer resultado final”, explica a plataforma no relatório em questão. A prática de utilizar dados dos usuários para publicidade foi revelada pela própria rede social em outubro do ano passado.

Fonte: The Verge, US SEC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.