Twitter lança quase mil tópicos para você seguir em novo recurso do Feed

Por Claudio Yuge | 31 de Janeiro de 2020 às 18h20
Twitter
Tudo sobre

Twitter

Saiba tudo sobre Twitter

Ver mais

O Twitter vem trabalhando nos últimos meses para fazer com que seus usuários interajam mais com os conteúdos que não costumam ver em sua página inicial. A ideia é que todos tenham mais amplitude nos mais diversos assuntos, sem deixar para trás a “curadoria pessoal” sobre essas informações. Para isso, a plataforma vem liberando a opção “Follow Topics”, com centenas de listas.

Antes de explicar essa novidade, é preciso lembrar da possibilidade de você criar Linhas do Tempo alternativas. Introduzida em dispositivos iOS desde outubro do ano passado, essa funcionalidade vem sendo liberada para o Android e permite que você crie abas, para alternar a visualização principal às seções que reúnem assuntos e contas relacionadas.

O exemplo abaixo mostra como essas timelines customizadas funcionam:

Twitter quer evitar “câmara de eco”

Embora ao longo do tempo o microblog tenha se tornado uma central de tendências, com vários trends podendo ser acessados por meio da plataforma, uma pesquisa do laboratório de ideias Pew Research aponta que 80% dos tweets atualmente sendo vistos vêm de apenas 10% de usuários do Twitter, tornando-o em uma “grande câmara de eco”. Ao facilitar listas de interesses, a companhia espera aumentar o engajamento de outros conteúdos e fontes.

O “Follow Topics” ainda está em fase de testes e, por enquanto, os quase 1 mil tópicos disponíveis são relacionados a esportes. Mas como essas listas são montadas? A própria equipe do Twitter faz a curadoria e uma das diretrizes é evitar temas que possam ser abusivos e alimentar ambientes tóxicos ou que sejam simplesmente irrelevantes.

Imagem: Divulgação/Twitter

"Observamos vários sinais diferentes para nos dizer se estamos exibindo conteúdo saudável", disse Savannah Badalich, do setor de Confiança em Produto da empresa. Esses sinais podem incluir relatórios e bloqueios, além da pouca popularidade por tweets específicos.

Como no caso da própria distribuição da criação de tópicos na timeline, esse recurso vem sendo observado, tanto para iOS quanto para o Android, para os usuários dos Estados Unidos. Ainda não se sabe se a versão web contará com a novidade e nem a previsão de quando todos poderão utilizá-la.

Fonte: Mashable  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.