Tumblr amplia teste com serviço de assinaturas estilo Only Fans

Tumblr amplia teste com serviço de assinaturas estilo Only Fans

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 22 de Setembro de 2021 às 18h07
Igor Almenara/Canaltech

O Tumblr anunciou nesta quarta-feira (22) que o Post+ entrou em período de beta aberto. A ferramenta permite que criadores de conteúdo de todos os tipos cobrem por acesso exclusivo a algumas publicações, estilo Only Fans, apesar de isso ter chacoalhado um pouco a moral da plataforma com sua base fiel de usuários.

A maior preocupação do público era que o Post+, indicado com um selo especial em perfis participantes, segmentasse a comunidade tal qual a verificação do Twitter e do Instagram faz. A plataforma não mostra a quantidade de seguidores que uma página tem e a exibição do selo também poderia mudar a percepção do público sobre qual conteúdo acessar — portanto, afetando intimamente a cultura da rede.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Para solucionar essa questão, o Tumblr tirou totalmente o selo de perfil com Post+, mas essa não foi a única novidade da vez: agora, administradores de blogs podem colocar publicações antigas sob paywall e têm a capacidade de bloquear assinaturas de usuários específicos, recurso útil para evitar perseguição e assédio.

Assinatura ainda em testes

Mais uma faixa de preço se tornou disponível, também. Além dos valores liberados no beta fechado — US$ 3,99, US$ 4,99, e US$ 9,99 —, criadores podem cobrar apenas US$ 1,99 (algo em torno de R$ 10,50) de usuários interessados em colaborar financeiramente — 5% desse valor fica com o Tumblr, e o pagamento é processado pela plataforma Stripe (compatível com bandeiras disponíveis no Brasil).

De acordo com o Tumblr, o modelo de assinatura ainda está em período de testes, portanto pode sofrer mais transformações ao longo do tempo, conforme a comunidade compartilha sua experiência com ele. Por enquanto, somente usuários norte-americanos podem monetizar o próprio conteúdo, mas a rede promete ampliar o alcance do recurso em breve.

Fonte: Tumblr

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.